288 No Ato

Grupo: 288
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



288 no ato vâmo mandar o recado
Fazendo um rap no ato pra você não ficar parado
É consciência de rua, verdade nua e crua
Se não gostar não escuta, mas vou seguir minha luta
Escancarando a verdade, escandalizando a sociedade
Denunciando a disputa injusta dos filhos da puta
Querendo sempre o melhor, pra nós deixando o pior
É o maior que pisa no menor, o forte vencendo o fraco
Mas não vâmo deixar barato, 288 no ato pra gente sair
do buraco
288 no ato não deixa nada barato
Falando tudo bem alto pra gente sair do buraco
E pra mostrar o que eu falo já vâmo quebrando os
pratos
Fica o governo de um lado e o povo sempre parado
Em Brasília se discute o salário do juíz
11 mil, 12 mil, vão pra puta que pariu
Eles não param pra pensar na realidade como está
O salário mínimo é uma merda e bota o povo na miséria
Por isso eu firmo o que eu falo
288 no ato pra gente sair do buraco
288 no ato não deixa nada barato
Falando tudo bem alto pra gente sair do buraco
288 é quadrilha unida
É pensamento de periferia
Mas calma aí seu cuzão não é quadrilha de ladrão
É união de irmão sempre botando pressão
Pra mudar a situação que prejudica o cidadão
E o leva para a lei do cão com a pistola na mão
E mete o bar pra compra pão
Mas quem criou a situação ?
Quem é polícia ? Quem é ladrão?
288 no ato não deixa nada barato
Falando tudo bem alto pra gente sair do buraco





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

288





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form