Sexta Feira Treze

Grupo: A Família
Álbum: Mais Romântico
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Sexta-feira treze Sandy, cadê o dinheiro
Papai mamãe e juninho ja estão trancados no banheiro
O zelador amarrado na casinha do cachorro
A babá gritando
(Vai Sandy, vai vai vai vai vai vai não sai)
Sai de audi prata estilo mordomo
No piloto da nave ninguém é meu dono
Sou mais que um mal encarado atrás de um microfone
Muito mais que a roupa suja imunda dos home
Pá pá pá pá
Preciso evitar
Rá tá tá tá
mais eu quero atirar
Palavras criminosas que cortam igual bala
Não pra mata, só pra alertar
Avaliar melhor o que vem pra somar
Poucos odeiam me amar
É...Muitos fazem meu berro cantar
E se der mídia vai minha foto
Se der zika o coro come
Se eu ficar vai da cadeia
Se sai tiro eu dô nos home
Se correr o bicho pega é o fim de Al Capone
É isso memo população, a miséria pior que a fome
De uma sociedade racista, hipócrita e capitalista
Que cria todo dia monstro sem sol nas permita
Onde o que sobrou pra nois foi a simplicidade
Na dificuldade vendo a visita matando saudades
Onde o homem se tornou um perigo, héhé
É Sandy, o que que você quer comigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se você fala que eu sou ladrão, fã da profição perigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se aí no meio do seu povinho você fala que eu sou o bandido
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se você fala que eu sou ladrão, fã da profição perigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se aí no meio do seu povinho você fala que eu sou o bandido
Depois só sobrou pra mim Ilha de Caras
Mulher querendo me arrastar são várias
Diz que quer ser só minha, deitada nua
Tem que ser ligeiro pa lhe dar se não te zua
Um milhão na conta e sim vo de traçante
Pegar o que é nosso la no Montana Sandy
Pegar de um só cofre o que sustenta uma favela inteira
O que pra você é um jantar e o que sobrar vai pra lixeira
Injusto, frustrado não sou doutor diplomado, é o terror
Paz e amor não constou, juro ser um condutor
Sem freio, disparado, um tanque de guerra na ativa
Os coisa vacilo se explica e vomita as lombriga
xiu queto, lá vem pesadelo trutão
Burros montado a cavalo no meio do povão
Porque a Sandy quer curtir da rolê de mil e cem
A qix do bandido fez tremer o Big Bang
Ela quer se divertir, até aba o joelho de descer e subir
nem vem me seduzir, nem paga de amor bandido
Ela não sabe a sintonia do perigo
A Sandy quer gastar investir no social
Mas não faz pra nós beneficente no natal
Liga na direta o Juninho ta em perigo
Há Há, o que que você quer comigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se você fala que eu sou ladrão, fã da profição perigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se aí no meio do seu povinho você fala que eu sou o bandido
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se você fala que eu sou ladrão, fã da profição perigo
O que que você quer comigo se você é fã do inimigo
Se aí no meio do seu povinho você fala que eu sou o bandido
La lala lala lala lala lala lala laa
Abre a porta mariquinha
La lala lala lala lala lala lala laa
Abre a porta mariquinha
La lala lala lala lala lala lala laa
Abre a porta mariquinha
La lala lala lala lala lala lala laa
Eu não abro não, você vem da pagodeira
Vai curar sua canseira bem longe do meu colçhão





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

A Família





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form