Deusa do Ébano

Grupo: Afro Jhow
Álbum: Sem Luta Não Há Vitória
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Oh! minha deusa do ébano, minha flor, meu castelo
o teu sorriso eu venero, é desse jeito que eu quero
falo sério, sobre o teu calor
que me aquece, me enobrece, alivia a minha dor
só penso em ser feliz, quando estou com você
tudo fica blue, dignifica o prazer
eleva o meu ego, eu já mim sinto capaz
de amar, desejar e te querer muito mais
insaciavelmente eu te levo pra cama
quero te fazer mulher, minha preta, minha dama
todos os prazeres, traze remos a tona
e relembrando junto a ti, momentos de criança
paixão, amor, esperança
quando você vai, só me resta lembrança
o meu coração pede pra você ficar
a sua mão macia, sente ele palpitar/
tenta decifrar, o que eu tenho pra dar
preta, leva o meu corpo ao teu olhar
Refrão - Deusa, tenho amor pra te dar
nega, vem cá, vem se entregar pra mim
vamos ser felizes sim!
Procuro te provar a todos os momentos
minha vontade amar, fica exposta ao tempo
a cada estrela no céu, brilha um sentimento
como fazer pra te ter no meu aconchego?
oh minha deusa, eu sinto um cala frio
quando sussurra em meu ouvido e diz, mô pretinho
é frutificar, os pequenos valores
e fazer de minha relva a nossa cama de flores
sinto beijos, com sabor de mel
as silhuetas do teu corpo, forma nuvens do céu
eu vejo amor, que tudo tem seu valor
e descobrir que nunca é tarde em se falar de amor
simplesmente Jhow, o que te conquistou
sua beleza rara, mim deu o dom de compor
com sintonia, fragrância e equilíbrio
Damian Marley tocando, volume maximo
confiança e respeito constrói um alicerce
quem sabe gerar um fruto de um amor sincero
menina mulher, que mim faz viajar
preta
leva o meu corpo ao teu olhar
vem minha bela, vem minha bela
é tudo nosso preta nany
Refrão - Deixe eu sentir os seus poros dourados, seu beijo tão premiado. és minha deusa do ébano
e no fim você mim amar, teu corpo quente faz lembrar da chama da vida, preta eu falo sério
o brilho dos teus olhos é como água cristalina que matar minha sede sorriso de menina
oraiê iê oxum onde a beleza predomina
foi com fé que restauramos nossas vidas
pede bis e vem pro seu negro bom
sintoniza aquela rádio, ta rolando nosso som
o que cai do céu naquela noite, leva a loucura
chuva banhou o nosso corpo, a lua testemunha
deusa, tú és radiante
deixar, só os momentos marcantes
na terra ou no mar, deixa acontecer
aquela cama de pétalas, nunca vou esquecer
mim envolvi no teu ser, deslumbrei teu prazer
e como não dizer que eu amo você
Refrão





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Afro Jhow





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form