Maior Inimigo

Grupo: Banca D'K
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



'Engraçado né? Como as vezes, a gente no meio de uma
multidão, ou tendo tantas coisas, a gente se sente tão
vazio, tão solitário, como isso é estranho...cê vê
né?"

Várias correntes vem tentando me aprisionar
Não sei mais quem eu sou, se essa dor vai acabar
Frente a frente com meu maior inimigo
Olhando bem, ele se parece comigo
É esquisito, tudo isso que a gente vê
Ódio, sofrimento, choro, fica difícil viver
Crer que pra tudo isso existe uma saída
Que com o passar do tempo vai cicatrizar as feridas
A vida, se torna muito complicada, me sinto sufocado
em meio à um rio de magoas
Sentimento machucado, coração quebrado, traição por
todo lado, me sinto desamparado
Abandonado por quem se dizia amigo, procuro e não
encontro o esconderijo do Altissímo
Abrigo, preciso de um refúgio, parece em vão o meu
clamor, o meu esforço é nulo
Eu fujo de quem pode me dar uma força, ao mesmo tempo
eu ponho a minha cabeça na forca
A morte parece estar se aproximando, me tragando, me
levando, às vezes me abraçando
Vou me afastando da Luz que eu tanto procuro, sinto
medo, sinto frio, me sinto preso no escuro
Desilusões humanas são tantas e hoje eu digo: Por
confiar no homem, me tornei maldito
Arrependido, hoje luto pela vida, estreita e dolorosa
eu vou seguindo a minha trilha
Na correria, vou dar um tempo e refletir
No caminho em que estou, se devo sair
Imploro por companhia, mesmo estando cercado de uma pá
gente que diz estar lado a lado
Mas de que lado? Isso, mano, eu não sei, se na hora do
sufoco me acusaram, pois errei
Sem falsidade, peço perdão pela maldade, pra quem
entendeu errado quando eu falava a verdade
Sinceridade, deixo quieto agora e sigo em frente
Pois descobri que meu maior inimigo é minha mente

Deus, eu sou o meu maior inimigo
Senhor, eu conto Contigo
Em Ti, eu encontro abrigo
Ajuda-me...

A dor da perda, da fome, da traição, da solidão
pra não morrer condenado, alguns anos de reclusão
Indecisão, se você fica a dúvida persiste, quando
decide sair fora algo me diz que fique
Me faz lembrar de algumas vidas, de algumas corridas
ser exemplo para alguém parece até irônia
No dia-a-dia, agônia parece menor, mas o difícil é no
meu quarto estou só
Lembranças vem em minha mente, ou começo a chorar,
segredos promessas e planos que não vão se realizar
Interrompidos por orgulho ou falta de paciencia, a
inteligencia agora, é usada aó para dar a sentença
Disavença, maior que o amor de corintios, o espaço, o
bem vale mais que um carinho
o desafio em minha vida é amar o inimigo, dar a outra
face, ganhar um beijo e mesmo assim dar abrigo
Reprimido e acuado ficam meus argumentos, diante de
tanta tristeza, muito conturbado o momento
Nesse momento o melhor é seguir em frente, pois
descobri que o meu maior inimigo é minha mente

refrão
'A promessa é nossa, a vitória é nossa, somente a
gente é que vai poder barrar os sonhos e os planos de
Deus pra nossa vida.
Nós somos o maior inimigo, a nossa maior dificuldade,
a nossa maior barreira, ninguém pode impedir aquilo
que Deus tem pra tua vida a não ser você.'

refrão





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Banca D'K





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form