Agente

Grupo: Ca.Ge.Be
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Caminhos agente escolhe, acreditando a vida inteira
O sol brilha e o povo se ajuda com as cartas na mesa
É dinheiro, é poder, onde está a vida boa
Do 25º você é outra pessoa
Que sente medo do ritmo que anda a cidade
Acelerado, como anda acelerado
João do morro pede socorro e procura ajuda
Devoto de um santo forte, que as vezes nao te escuta
E sente na pele o tempo, sem glória, o cansaço
O artista pinta em cores tristes, a vida no retrato
Em meio ao céu cinzento há um ponto de esperança
João do morro ainda traz o grito na garganta
Vai clarear, pra gente não há chuva que não passa
Há de clarear, toda a fé, basta acreditar
E o mal vai passar, há de clarear, novos tempos
Há de clarear, novos tempos

Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga agente leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briiga e leva a vida nuuma boooa
Meu mundo, meu pedaço, que eu tenho o meu barraco
A cidade semeia, eu vou mantendo meu espaço
Cidadão, andarilho, consciênte, inconsciênte
Bandido, pm, pobre, ricos influêntes
Sorridentes, tristes, abraços de dor e saudade
Eu vou dizer irmão, um brinde a nossa amizade
A parte da chegada, a vida é uma longa estrada
Um dia a paz e a guerra aparece, anda de mãos dadas
Todo morro agradece a terra, o céu , o sol e o mar
E o previlégio de poder á toda respirar
Noticia no jornal, traz outro dia violento
Meus filhos, teus filhos, crescendo nesse mar vermelho
Decepção, agora o mundo se torna pequeno
Na guerra do dinheiro, de quem quer cehgar primeiro
João do morro acredita, não há chuva que não passa
Há de clarear, toda fé, basta acreditar
E o mal vai passar, há de clarear, novos tempos
Há de clarear, novos tempos
O mal vai passar, há de clarear, novos tempos
Há de clarear, novos tempos
Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga agente leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briiga e leva a vida nuuma boooa
"
Fala comigo mulher
Agente briga
Agente briga mas agente se ama
Tenho uma outra missão
Agente briga, é necessário
Pra resolver os problema
Pra encontrar uma solução
"
Agente briga e vai levando a vida sem se preocupar
Amanhã cedo espero novamente acordar
Cada dia que passa, a noite me renova
Cada mentira contada minha alma chora
Mas tudo bem, vamo leva isso na boa
Agente briga, mas os amigos se perdoa
Alguém traz a cerveja, alguém leve a tristeza
No meu barraco vai ser só eu e minha preta
Isso me deixa, muito mais que concentrado
Mas tem .................. , se tem batuque eu tenho ensaio
To dividido, mas a paixão que tenho é cega
Eu vou, pra batucada juntinho com ela
Ta pensando o que, não vou deixar ela aqui
Que que isso, e, comigo vai pra onde eu ir
Agente briga, se agente briga é porque ama
Eu vou pra batucada, levo a familia pro samba

Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga e leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briga agente leva a vida numa boa
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Eu vejo ódio, amor nos olhos das pessoas
Agente briiga e leva a vida nuuma boooa





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Ca.Ge.Be





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form