Lado Beco

Grupo: Ca.Ge.Be
Álbum: Lado Beco
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Lá vem o canto, lá do beco, lá da viela, olhe por nós por que o mundo nos espera
Lado mal, lado bom, desce a ladeira, quem vem lá, lá vem pra comprar volta e meia. Sabe lá o que pode acontecer, quando lá, se é que vai amanhecer, pode ser, diga que eu não vou esperar, de lá pra cá quem você não viu perder.
Lá no beco, quanto bom compositor não naufraga, paga pra repositor, lá de cima a gente sabe que ele olhou, recompensa sempre há pra quem tem dom, não desiste faz o que faz por amor, pelo amor, Deus é o nosso lado bom e quem cantou os cantos por onde passou, lembra lá pra dizer que era bom, tá ouvindo da ladeira um novo som, que de lá traz uma nova opção, eu tava lá, mas quem me disse ja não diz mais, enfim, trago de bom o que aprendi, e vou levar nas terras por onde eu passar mais amor, seca o rio do meu olhar, que está louco pra te ver por lá, reatar tudo o que ficou no ar, lá, de uma quebrada eu vendo e aprendendo, sempre de bobeira mas me envolvendo, lá... nessas de querer meu sentimentos eu vou viver como eu precisar sempre há.. lá.. alguém pra afastar o que queremos, sempre lembre que a gente derrepente sente que as barreiras ficam diferentes e quando lá do morro desce e vem cantar com a gente.
Não quero nem mais nem menos sou sincero e quero te contar, lá no beco tá do jeito que tá um beco e só... só... vejo a chuva caindo a lamera e a gente quer ficar, lá no beco ta do jeito que tá um beco e só... só...
Lá no beco aonde tudo começou, cheira esgoto quem que ainda não inalou, nada disso ta pensando sair daqui, que que é isso, pensa bem antes de ir, faz assim espera o temporal passar, aí depois, se resolveu ir que vá. Lá de dentro, lá do meio dos barracos, deu motivo, ficou tenso pro seu lado, alá deu zica, os cara vem, vem pegar, só camarada lá no beco vai faltar, labirinto não pra mim porque eu conheço, cada porta, cada olhar em cada beco, bem aqui aonde eu me formei sujeito, o meu barraco eu não vou vender prometo.
Lá no beco onde tudo se fala, la vem os guarda com as pesada.. pára! pára! num leva nada não, ninguém leva nada daqui, quem foi cumpriu quem ficou ainda tem a cumprir.
La do beco perí, la do beco perí, quantos manos daqui eu vi resistir,
tem gente do certo, tem gente do errado, terreno vazio invadido é barraco.
Perigo chover, quando chove é castigo, chama os bombeiros, barranco caído,
menino sentido chorando no beco, cortaram a luz do cortiço.. tá chovendo..
um gordo, de fogo, falando uma pá de palavrão, bate na mulher, deu pra ouvir...
Olha o caminhão do gás, o tempo se fecha, arco e flecha, o show começa assim,
a noite surpreende, fecharam o beco... hum, um cão que late, late, late, alguém foi preso...
Não quero nem mais nem menos sou sincero e quero te contar, lá no beco tá do jeito que tá um beco e só... só... vejo a chuva caindo a lamera e a gente quer ficar lá no beco ta do jeito que tá um beco e só... só...





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Ca.Ge.Be





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form