Pega a Manha

Grupo: Câmbio Negro
Álbum: Câmbio Negro
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Vou falar um pouco da minha história
De lugares e pessoas que guardo na memória
Foi difícil deixá-los, porém foi preciso
Lutando, manteremos nosso movimento vivo
Foi difícil sair da cei, minha quebrada
Vários amigos, chegados, minha rapaziada
Minha mãe, meu filho derick, muitos parentes
Deixei a quebra doida onde a parada é mais quente
Mas tudo bem, não me arrependo, a causa é justa
Quero fazer o meu som, viver às minhas custas
Não digo ficar rico, mas ter o meu dinheiro
Ceilândia vai ser conhecida no brasil inteiro
Como uma quebra de responsa, gente de atitude
Faça como câmbio negro, não se renda, lute
Trabalhe sério, seja honesto, tenha um objetivo
Quem te virar as costas, nunca foi seu amigo
Fui pra são paulo com a cara e coragem, fui tentar a sorte
Minha pobre bagagem, eu mesmo fiz o transporte
Com o resto da rapaziada não foi diferente
Se você quer ser alguém, corra atrás, batalhe e tente
Creia em deus, trabalhe sério, um dia véi, correrá na frente
Há quem critique, ofenda, minta pra ver a minha queda
Incopetência, inveja, ganância em excesso
Falsidade total, palavras sem nexo
Não aprenderam que pra bater, também se apanha
Então pega a manha
Pega a manha, pega a manha
Desonestidade é prejú e você nunca ganha
Pega a manha, pega a manha
Pra aprender a bater, também se apanha
Quero rap nacional tocando nas rádios
Quero que nosso trabalho seja apreciado
Seremos vencedores, nunca vencidos
Saberemos reconhecer os verdadeiros amigos
Pegar a manha não é fácil véi e isso é fato
Tô aprendendo, tô na boa, na manha do gato
Quiseram me jogar, querem que eu morra, que porra
Filho de ogum, aroeira, madeira de dar em doido
Balança mas não cai
Tão cedo eu não morro
Se liga!
Mais vale um cachorro amigo que um amigo cachorro
Pegar a manha é tudo isso, se a memória não falha
Expansão do setor "o", ceilândia, minha área
Teste de fogo pra rapaziada, guerra e paz
Se entra não sai, fuga impossível, alcatraz
Duro aprendizado reprovar no curso pra finado
Descobrir falar demais melhor ficar calado
Trabalho honesto, força bruta é o principal motivo
Japão moleque doido sabe o que eu digo
Vários pilantras vi chegar, colar no meu barraco
Mas com certeza se ligaram no final do papo
Ser bem chegado pra eles pode ser coisa estanha
Então véi, pega a manha
Pega a manha, pega a manha
Desonestidade é prejú e você nunca ganha
Pega a manha, pega a manha
Pra aprender a bater, também se apanha
Amigos, parceiros, fãs e chegados
Ouçam o recado
Câmbio negro está sempre com vocês
Contem de uma a três, vejam o que fazemos
Agora vejam o que a oposição fez
Com certeza fizemos só parte
Do que queremos fazer
E eles não fazem nada digno de ver
Periferia do df sempre lembrada
Gente boa na batalha, segura a parada
Favelas do brasil, guetos, união
Lugar pra quem tem a manha, então vaza bundão
Rap do df cada vez mais respeitado
Break, grafites por muitos invejado
Df zulu, os 35, gog, morte cerebral
Consagrados em todo território nacional
Marcelinho nos scratches, ritchie na batera
Daniel no baixo, bell na guitarra
X no vocal
Não me leve a mal, ou leve se quiser, chega aí, vê qual é
Na vida é assim: hora se bate, hora se apanha
Hoje você perde, amanhã você ganha
Na minha mão, prego só se fode, véi
Então pega a manha
Pega a manha, pega a manha
Desonestidade é prejú e você nunca ganha
Pega a manha, pega a manha
Pra aprender a bater, também se apanha





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Câmbio Negro





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form