Gospel Gangstar

Grupo: Cirurgia Moral
Álbum: A Minha Parte Eu Faço
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará
Dê-me a droga meu Deus para que hoje eu possa usar
Não deixe que falte por dia em minha cabeça uma viagem
Às vezes eu vejo irmãos não sei de é de rocha ou uma miragem
Necessito por isso suplico não me deixe faltar
Cocaína uma bailarina seus pés pesados em minha cabeça
Não deixe que eu me esqueça de depois te pagar
Me apóie então não me implore para que eu saia dessa, esqueça!
Você não ajuda aos que falam o seu santo nome em vão
Muitas vezes não consegui dei meu santo sangue ao Cão
Hoje envergonhado peço volta sou um idiota
Quantas vezes mulheres já tive por dinheiro xoxotas
Me arrependo não pensava que seria assim, não
Foda-se a vida perdi a minha por isso estou aqui
Servindo a outro mestre dei gelo na erva, é
Como é triste aqui nas trevas...
Como é triste aqui nas trevas
Dei gelo na erva
Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará
Não deixe que vendam mais drogas meu Deus ao irmãos pra quem não ficar
A viagem que eu falo agora é uma desordem só leva pilhagem
Se não acreditam em mim olha a desgraça como podem
Necessito esclarecer pra que fique bem claro em sua idéia
Matei, roubei, explorei muitas crianças muitas velhas
Pois a morte pra mim era uma alegria eu pensava assim
Que ela abraçava todo mundo menos a mim
Vacilei por isso dancei hoje meu mestre me cobra demais
Quando me dava forças pra me drogar cada vez mais
Hoje eu preciso de um apoio todos me viram as costas
Aqui no inferno você nunca passa de um bosta
Dei gelo na erva
Como é triste aqui nas trevas
Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará
Por que me deixou cair na cilada? Ah, deixa pra lá
Aqui tem tudo que eu queria: sexo e violência
Encontrei com alguns traficantes que entraram em falência
A vida era muito boa eu vacilei não a tenho mais
Sacanagem aqui no inferno DJ se chama Satanás
Cada disco que rola é uma vida que ele manobra
Quando não quer mais ele quebra quando dobra
Como eu queria estar por aí curtindo Racionais
Em casa, rolando um som, fumando bagulho, era demais
Que saudade que eu tenho da minha quebrada
Dos meus amigos do bar
O traçado rolava na alta e a gente saia pra ripar
Mete o ferro na idéia, puxa o gancho, piso a peita
To trepado não entre na minha frente, não se meta
Muito safado já deitei nos homi nunca encostei
Mas se for preciso, pei!
Nessa que eu fui drogado até a alma
Botei muita fé em mim e perdi a calma
Na hora dos ganho os homi pintaram uma escopeta
Desse dia pra cá deixei de curtir na sexta
Dei gelo na erva
Como é triste aqui nas trevas





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Cirurgia Moral





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form