Informação

Grupo: Código Fatal
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Informação primeira lição, vagabundo é a imagem do cão nenão
Deus em ti eu sei eu confio, aqui quem fala é um lutador o seu filho
A rima aqui não para, o RAP é a minha arma, humildade é a primeira palavra
Vou lutar como Zumbi dos Palmares, aqui Brasil miseráveis são milhares
Conseqüência da desigualdade que afeta os bairros pobres da cidade
Aonde o sonho de consumo e nisso que dá, necessidade financeira leva o cara a roubar
Adrenalina o medo leva o cara a matar, pois tenho a certeza que o mundo irá acabar
Ou será que nos iremos se matar, no solo que um dia Deus quis abençoar
Só pra provar uns aos outros que ter carro, mulher, droga, dinheiro no bolso
Assim segue a vida, o mundão fica louco, irmão matando irmão, gente arrancando o pescoço
Não sou juiz não vou julgar eu sei o meu lugar só Jesus salvará
Sou um pecador nesse mundão cabuloso, tenebroso, pela guerra a morte gera choro
Tô de volta tô de novo no jogo revoltado é claro com lágrima no rosto
Sufoco eu já passei mas sobrevivi, passado é passado e o que eu percebi
Que a vida é uma lição, o fato informação, o desejo ilusão e o povo na mão
Mô decepção viver assim melhor não
Algo vai mudar, algo vai mudar, eu tenho Fé, eu tenho Fé que tudo mudará
Uma aposta uma mentira um sonho um amor, néctar uma planta que alimenta o Beija-Flor
A rosa, os espinhos, a luz, o caminho, a vida, a vitória caminha sozinho
Relógio mano passa um pano Ser Humano a mais de mil ano se conformando, Aturando
Vivendo no pior dos venenos e sabendo que o pior tá acontecendo
Tic tac morre mais um, tic tac nasce mais um
Eu vejo que o mundo não para de rodar e o Ser Humano a cada vez mais se guerrear
Será assim que o Senhor quis pra nós, será assim que o Senhor escutou a nossa voz
Ou será que é isso que eu quero pra mim, pra você pros seus filhos enfim pobre de mim
Sonho ruim está foda de acordar, oh Deus quando ajoelho peço para abençoar
A mim a minha família, todos que estão ao meu lado, é o meu simples desabafo
Segura na mão de Deus e vá, deixa a vida levar, vida leva eu, deixa a vida levar, vida leva eu
Algo vai mudar, algo vai mudar, eu tenho Fé, eu tenho Fé que tudo mudará
Maldito homem que confia no outro homem. O mundo capitalista movida no money. Trim, trim, dinheiro. Gera pouco caso, gera preconceito. Na minha infância o bonito era o verde. Hoje destruído transformado em parede. Provaste minha Fé, o medo é constante, maldito indivíduo mutilou minha chance. Não tive escolha, não foi falta de amor, abalô vagabundo, levanta lutador. Linda flor, sorriso brilha como Ouro Branco, impregna a mente, aniquila pelo encanto. Enquanto me questiona, quem eu sou, herdeiro de cicatrizes, magoas, ódio, rancor
Dor, um vento que te trouxe e te levou, meu coração, foi você que apelidou
Mensagens eletrônica, avanço leva e trás, pura na noite, somente aquela nada mais
Mas entenda a ganância foi mais forte, marcas em segundos sofre overdose
Choque em mim assim sou tratado, no corpo primeiro, na vida o quarto
Minha história em seu colo fez chorar, mas é tarde não há tempo pra esperar
Dependente situação, redimir minhas ações, num corte profundo que divide as atenções
Ser irracional consumido na vaidade, sem sabedoria contesta sua vontade
Chegando a hora, piedade Jesus da minha alma aquecida em sua luz





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Código Fatal





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form