Viver

Grupo: Código Fatal
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Lágrimas que uma mãe derramou quando se lembrou das dificuldades que passou
Sem escolha ela se mudou porque seu pai a despejou
Jovem bonita com um futuro promissor mas logo cedo engravidou
Foi tirada não teve sentimento, vagabundo do maluco deu pinote sumiu no tempo
Negou a paternidade quando a enganou com 14 anos de idade
E a tia fica a comentar, filha não preveniu não adianta chorar
Agora é batalhar pra criança sustentar jamais pense em abortar
Porque o erro de vocês a criança não pode pagar
E viu que aquilo não era o que ela sonhava e que sua vida não era um conto de fada
E no momento ela se encontrava, sem estudo, sem família, sem nada
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar pro sonho alcançar
Falso amor que passou na minha vida não cicatrizou várias feridas
E nem o tempo podia apagar, mas quem amei, se amar, mas nem amor tinha a dar
Lamentei a ausência da paixão que fez sangrar meu coração
Vivi num abismo com a escuridão, eu, a ilusão, meu filho e a solidão
Eu fui mulher pra fazer serei bem mais pra criar, tive Fé cabeça erguida, é fiquei de pé
Alcancei, não desisti, chorei, ri, sobrevivi, vi lágrimas a cair mas no entanto estou aqui
Meu passado me trouxe filho no qual me inspiro, batalho e vivo
Foram poucos manos que me deram incentivo
A vida é uma escola com ela eu aprendi tenho orgulho do fruto que nasceu de mim
Hoje já fortalecida, com a guerra já vencida, satisfação é o que me importa
Ser guerreira sofredora, sou mãe, sou mãe
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar pro sonho alcançar
Alma Mater, Dádiva de Deus, abençoada a cuidar dos filhos teus
Divina não mede sacrifico, padecer no paraíso o ditado é antigo
Caminho de tropeços várias derrotas, progenitora de virtudes e glórias
Como rosa tem os seus espinhos, coitado daquele que mexer no seu ninho
Lamenta, chora noites sem dormir, amor igual jamais vai existir
Passado não é desculpa do amanhã, ergua a cabeça guerreira cortesã
É difícil mais seu filho a espera sorriso tipo sol na fresta da janela
Flor rara de nome peculiar, Neide, Eusani, Nair, Vitalina
Helena santificada Aparecida, algumas fortificadas como Maria
Não haverá nome mais belo, Mãe de méritos e mistérios
Mistérios que nenhum Ser Humano foi capaz de desvendar
Méritos que ninguém de sua mão irá tirar
Histórias se difundem nas estreitas passagem da vida
Mulheres que como raio de luz se eterniza
Muitos exemplos, Viviane, Saudade, contudo
Tudo sofre, crê, espera, suporta nesse mundo
O amor ao desconhecido tão grande fez você partir
Ao paraíso lugar onde todos querem descobrir
Ser mãe é sinônimo de Fé, sonho, esperança, luta e amor
Obrigado Senhor a perfeita criatura que você criou
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar
Viver é preciso sonhar tem que acreditar Ter Fé e lutar pro sonho alcançar





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Código Fatal





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form