Tempo de Violência

Grupo: Código Penal
Álbum: Extrema-Unção
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Código penal na área novamente
Um,dois,três caras
Na medida do possivel vei consientes
Sempre de olho na pilantragem se liga na malandragem
Pode cre vei que sera louca a viajem
Andamos armados grilados com ferro na cinta
[porque nois nao temos medos]
Em briga de gangue queremos da tiro
[porque temos atitude]
Compramos a arma para nossa proteçao
[porque nois nos garantimos]
Sempre atiramos e depois fugimos
[porque sujo nosso lado]
Corremos dos homens para nao sermos presos
[porque estamos com medo]
Estamos com medo de i pra cadeia
[sempre vivemos com medo]
E sempre vivemos com medo nas veias
[disperta a raiva que temos]
Que vive com medo é mais perigoso
[a violência tras medo]
Preferem mata do que usar a cabeça
Preferem arriscar a sua vida a rouba a morre
A mata a mata a morre a rouba a rouba tatatata
A certeza de nao ter ti da vontade de roba
I o medo de morre é que insentiva a matar
A certeza de nao ter ti da vontade de trafica
I o medo de morre é que insentiva a assasinar
Motivos nos trais pra ve medo eu tenho todo dia
Porque eu moro aqui eu moro em planaltia cavera
Mestre da arma é onde a bandidagem rola todo dia
E o cemiterio espera o vacilo do troxa
Que cai na malhafina da malandragem
Boca de fumo tem muita por aqui
Fim de semana todos vao consumir
Boca de fumo tem muita por aqui
Fim de semana todos vao consumir
Boca de fume ja nao e supreso
que manda esperteza ticando a pedra
você da moleza viaja na ideia vei
pucha o gatilho o tiro assusta na noite que passa
mais um morre a bala morte na vida
mata não queria morre muito menos
periferia você ta ligado
cidade infeitada pelos nerla varias aviaturas
correndo pra cima e pra baixo sirene ligada
nucleo de custódia caje papudao desse uma sexta
lotado estao seres humanos vive amontoados como nas senzala
roda o bagulho ,roda o bagulho, roda,roda,roroda roda o bagulho
roda o bagulho ,roda o bagulho, roda,roda,roroda roda o bagulho
boca de fumo tem muita por aqui
fim de semana todos vao consumir
iai chegado dexa o rap rola
e quem nao gosta entaum pode se sai
em planaltia toca muito rap por aqui
boca de fumo tem muita por aqui
fim de semana todos vao consumir
iai chegado dexa o rap rola
e quem nao gosta entaum pode se sai
em planaltia toca muito rap por aqui
andamos armados grilados com ferro na cinta
[porque nois nao temos medos]
em briga de gangue queremos da tiro
[porque temos atitude]
compramos a arma para nossa proteçao
[porque nois nos garantimos]
sempre atiramos e depois fugimos
[porque sujo nosso lado]
corremos dos homens para nao sermos presos
[porque estamos com medo]
estamos com medo de i pra cadeia
[sempre vivemos com medo]
mais mesmo assim nois nao nos entrgamos
[porque nois nao temos medo]
vivemos nas ruas escola da vida
[porque samos obrigados]
[porque temos atitude]
[porque nois nos garantimos]
[porque sujo nosso lado]
[a violencia tras medo]





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Código Penal





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form