Amigo de Infância

Grupo: Consciência Humana
Álbum: Entre a Adolescência e o Crime
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Ao ver a brincadeira daquelas crianças
A saudade bate forte
Eu me lembro de um grande amigo da minha infância
Aliado na escola na rua e no jogo de bola
Passado anos que se foram embora
Duas criações uma diferente da outra
Uma mais presa enquanto a outra era mais solta
Me lembro de quando empinávamos pipa no morro
Se esquecendo de tudo e até daquele humilde almoço
O mais velho dos irmão esquema rígido de família então
Exemplos tem que ser dados assim que é nossa tradição
Chinelo colocado no meio do braço
A roupa sujo rosto todo suado
A tarde voltamos pra casa pensando como seria o outro dia
E se armando com a pelada com a rua de cima
Quando crianças conversávamos de nossos sonhos
E o opala preto era o sonho daquele menino
Debaixo do banco ferro achando que estaria protegido
Adolescência chega rápido e junto com ela muito embaçado
Largou os estudos e os planos dos pais contrariados
Eu no meu estilo ainda estudo e vou pro outro lado da vida
Rap baile algumas letras já escritas
Meu mano de longe eu via
E lá estava ele ignorando os planos da família
Caros a sua porta e os pais marcavam pressão em cima
Não dava ouvidos e já com sua mãe discutia
Era assim que ele estava desnorteado
Mais respeitando a todos que estavam ao seu lado
2x e ai mano falo chegado
Amigo de infância
E ai mano falo chegado
O que resta da amizade é só as lembranças
Camarada da antiga passando por este estagio da vida
Onde estava se estragando e partindo pra vida bandida
Sua namorada já havia o deixado
Por não concordar com o que vinha pratico e fácil
O calibre dos seus sonhos já tinha as suas mão
Era pra fuder vivendo agora da ilusão
Que proporcionava uma vida boa e estável
Bom artigos muito dinheiro e maus aliados
O samba era de lei a breja também
Um fino pra mente estavam espertos com o que vinham
Saindo fora do bairro aonde morava
Infelizmente na mira da maldita policia
Considerado em outras áreas por muitos respeitado
Sujeito no que fazia dava entrada era jogado
A calada era dele e de quem estava ao seu lado
Embaçado era problemas o dinheiro falava mais alto
2x e ai mano falo chegado
Amigo de infância
E ai mano falo chegado
O que da amizade é só as lembranças
Ra ta
O pior de tudo estava por vir
Duas horas da madrugada e em uma mesa redonda
Varias carreiras esticadas foram testados vários calibres
E no meio da banca não há quem se intimide
No meio de várias cabeças existem diversos artigos
E ele lá no meio como o capeta arisco
Na cabreiragem com os outros parceiros
Porque a fita era alta e o tempo era dinheiro
Como se batessem os pensamentos o clima fica tenso
Suas atitudes mudaram ai não deu tempo
Partiram pro arrebento arma na mão estão lá dentro
Ladrão o resto eu nem comento
2x e ai mano falo chegado
Amigo de infância
E ai mano falo chegado
O que da amizade é só as lembranças





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Consciência Humana





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form