Regenerado

Grupo: Consciência X Atual
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Quando chegar o meu dia, a minha hora
O fim da caminhada o ponto final da minha história
Escrita com Lágrimas, Sangue, Suor e Saliva
Nas linhas tortas do Livro da Morte e da Vida
Pronto ou não estarei lá de cabeça erguida
Pronto pra quitar, pra zerar a minha dívida
Mas até lá tô aqui pra chorar, pra sorrir
Até o último suspiro antes de partir;
Tranquilo no percursso calmo e sereno
Remando contra o vento driblando o sofrimento
101% vivendo o momento intenso,
Buscando o mais puro sentimento
No eterno aprendizado bem intencionado
No universo onde só os loucos são respeitados
Não chores por mim, não sorria pra mim
Eu não sou tão bom assim nem tão pouco ruim
Se eu tenho demorou não é meu é nosso
Só faço o que eu posso não abusa que eu não gosto
Entre altos e baixos, passo à passo caminho em passos
curtos
Pra não cair em passos largos, no compasso humilho o
fracasso
Terror do fraco também já fui escravo
Resultados de atos mal calculados impensados
Mal curado ja superado me apresento pra vida
Passageiro 1974
Batizado pelo mundo, criado pelas ruas, adotado pela

Apadrinhado pelas Lutas, infância díficil, juventude
díficil
Ta aqui o exemplo vivo ninguém morre disso
No convívio com a maldade veio a cabreragem
Ódio, vingança eu deixo pros covárdes
Faz parte a dor desde o nosso nascimento aprendi a
conviver com ela
E sofro menos dor física, dor da despedida, dor
espiritual, dor de vidas perdidas
No exercício da Fé é sem limite o sacrifício
Ta aqui minha vida pra salvar a do meu Filho
Você só é traido se acredita em alguém
Por isso eu creio em DEUS tru e em mais ninguém
Sei que ja fui pior, sei que ja fui melhor
Não careço de dó e morro uma vez só
(Refrão)
Quando tudo acabar
Quero uma goma na beira do mar
Pra continuar a sonhar (E ainda ter força pra
recomeçar)
Dinovo (diz) do zero (eu vou)
No topo eu vou chegar 2x
Sobrevivente de um tempo que o tempo não apaga
Mas assassinada mães desamparadas
Aí quando eu falo de morte não é pra pesar a sua
É pra evitar aquele choque, afinal a vida continua
Cicatrizes, hematomas de alma lavada
Enre mortos e feridos tamo ai na caminhada
Firme e forte pronto pro que der e vier
Vamos ver se esse Negão tá firme mesmo na Fé,
Patifaria mentira, mentira patifaria,
Não tem meia verdade ou é verdade ou é mentira
A vaidade me arrastou pros outros seis pecados
Por um instante vi meu lado bom ser anulado
A decepção no olhar de cada um o quarteto faz pressão
Contando com menos Um, foram dias de depre tru
Não vou mentir eu que tomava uns goró de vez enquando
uns tirin
Senti só óh o nome chegado "Maria Ruana" (Aí fi to com
um raxixado)
Era dia de semana, tô de boa na boa mas tô átoa
Cara ou coroa vô não vô...?Fui essa é da boa
Pressão oscilando hora 9:00 hora dezenove sem sinais
vitais
Princípios de overdóse...nossa senhora se eu escapar
dessa nunca mais
Ai como é que eu faço pra melhorar truta?
Curte a loucura e espera a loucura passar.
Não estou de volta só volta quem já foi entendeu
Me considere iluminado e abençoado por DEUS
A novela que destróe sussega não me pega
É só gente bonita fazendo coisa feia, lá é tudo
natural,
Mas na vida real patifaria é funeral sobra até pro
ator principal
Convicção dos princípios tru senão já era 171 pra te
arrastar nas idéia
Conhece aquela do preso? Não, então uma hora eu te
conto
Se não ficar ligeiro o sonho vira pesadelo
Tripléx, condomínios fechados, mansões de luxo
Lá no fim vira tudo entulho
Jatinhos, Carangas e Motos importadas hã
Lá no fim vira tudo sucata
E quando você entender que tudo não vale nada
Vou tá de perna cruzada na beira da praia dando
risada
(Refrão)
Melhor um pouco por dia na busca da perfeição
Com de Defeitos e Qualidades, Emoção vs Razão
No peito o Coração um armazém de sentimentos
Cultivo o Amor e assim o ódio vai morrendo
Discernimeto, Mente sã com a sabedoria de um Rei
Calma que eu chego lá olha aonde eu ja cheguei
Mais dias difíceis anos pra ser mais claro
Teste pro coração audiências no fórum
Psicólogo, Assistente Social, Juíz da Infância
(Parabéns o senhor ganhou a guarda provisória das
crianças)
Como todos também tive meus amores, horas flores,
horas dores
Diferentes idades e diferentes sabores
Não foram muitos mas ilários cômicos se não fossem
trágicos
Todas, todas com os seus finais similares
A primeira ce já viu no começo é só mimo
Depois de algum tempo quis me matar dormindo
Vão pra segunda muda que ajuda óh essa é apampa há
Tres anos de casado, tres cesarianas
(E aí amor tudo bem? queria sair pra dançar da um role
demorou?)
Se abraçou o Negrão com tres Pretinha rá eu axo que ce
ja dançou
Ja começou o falatório finjo que ouço mais ignoro
Mulher casada cheira a velório, sou mais a minha que
eu adoro ré
Eu sei como acalma-lá, sei como doma-lá na goma é
minha a ultima palavra
(Perdão desculpa Amor calma)
Brincadeiras a parte Amar é uma arte
Ai Joana Darc sou grato por toda eternidade.
(Refrão)





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Consciência X Atual





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form