190 (Versão 02)

Grupo: De Menos Crime
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Favela escurece;
O medo prevalece;
Aqui polícia sobe e desce;
Na procura de ladrão;
Fique ligeiro;
Inocente ou não você é suspeito;
Quem mora em quebrada sabe como é;
Corre da polícia pra não levar ponta-pé;
Na favela é assim 1,2 pra subir;
A lei do silêncio impera por aqui;
Autoridades como manda o sistema;
Com permissão pra matar;
Andam em carro frio sem placa;
Moradores amontoados dentro do barraco;
Lá fora chove chumbo;
No conflito entre polícia e bandido;
Perseguição na viela;
Viatura que cerca a favela;
Invade barraco, agridem suspeito;
Atrás de flagrante, atrás de flagrante.
(4x) 190 foi acionado;
4 manos de boné foram caguetados.
Os homens da lei circulam sem respeitar ninguém;
Constantemente mano agem na maldade;
Na covardia não perdoam ninguém.
Enquadraram apontando os calibres levando uma;
Procurando o fulano fugitivo que está na rua;
Em qualquer distrito se vê;
Tortura, injustiça que não passam na TV;
Dívida externa afundando o Brasil;
Quem não viu Maluf apoiando a estupides policial;
Cada partido expõe a sua idéia;
Pra acabar com o luto;
Pra acabar com a guerra;
O meu sexto sentido não falha;
Essa noite é real a quebrada está minada;
Vários corpos perfurados de bala;
Vários tiros de 12 e de quadrada;
190 foi acionado;
D.M.C., H.C., Mago Abelha procurado;
Pelos otários fardados, pelos otários fardados, 190.
(4x) 190 foi acionado;
4 manos de boné foram caguetados.
O sistema, o sistema já não é o mesmo;
As pessoas que eu conheço já não são as mesmas;
Contudo eu paro e penso, paro e penso;
O mundo não acaba, não acaba de uma vez;
Mas o perdão, o perdão não existe no mundão;
Nesse mundão, onde que vida de cão;
Eu vivo a vida como ela é;
Rap, racismo, gambé;
Atormentado por um sistema hipócrita;
Que na hora do enquadro tiram o meu tênis;
Cheiram minha mão, mas que humilhação;
Falo o necessário pra não ter contradição;
Eu olho pros lados cadê os meus irmãos;
Confiança para o ladrão, atitude e ação;
Fracasso no crescimento, medo no sentimento;
No dia á dia sangrento;
Traição ideológica;
Quando vejo minha gente na fossa;
De Menos Crime nome de respeito;
Ignorância de talento;
1,2 drão, 2,2 pelo louco;
É oito 80, D.R.R. bem forte ladrão;
Mikimba idéia de mil grau;
Rap Nacional.
Na desconfiança da nossa vitória;
HA HA HAAA uma risada inocente morô.
(4x) 190 foi acionado;
4 manos de boné foram caguetados.
D.R.R. Defensores do Ritmo de Rua invadindo o sistema;
U.N., F.D.S., C.H., H.C., S.C.C., D.M.C., Favela.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

De Menos Crime





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form