Cidade Sem Lei

Grupo: De Menos Crime
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



(2x) Terror em São Paulo alguém me explica o motivo;
Por que andar de madrugada é um grande perigo.
Justiceiros vêm cegos e não enxergam ninguém;
Já chegam atirando e mandando para o além;
Vivemos apavorados, em grande desespero;
Que estão também em São Paulo os grandes justiceiros;
Que também são conhecidos como exterminadores;
Por isso é que digo que vivemos em terrores;
Não são sós os exterminadores, mas também os policiais;
Que te matam, dão sumiço e fica um arquivado á mais;
Seu corpo aparece boiando jogado no mato;
E eles não procuram por ele e fica só nos comentários;
No outro dia você vê como peça nos jornais;
Acharam um cara morto com a figura de um marginal;
Mas não procuram saber se o cara era inocente;
E se a família não aparece enterra como indigente;
Só falamos a verdade, doa á quem doer.
(2x) Terror em São Paulo alguém me explica o motivo;
Por que andar de madrugada é um grande perigo.
Eu não agüento mais tanta injustiça;
Ignorância e preconceito mano de certos racistas;
Que vê o negro como coisa diferente;
Negro não é objeto, negro é gente;
A violência nas ruas aumenta cada vez mais;
Com pessoas com medo de fazer a paz;
Mata, rouba, trafica, mas que absurdo;
E é isso que está acontecendo em nosso mundo;
Mas com uma grande preocupação;
Se no dia de amanhã terá o leite e o pão;
Para dar aos seus filhos;
Que crescem em torno desse sacrifício;
Induzem menores, abrem caminhos;
E colocam pontos de droga sob seus domínios;
A polícia vê isto e fica de braços cruzados;
A continuidade disto é por todos os lados;
Mulheres que põem filhos no mundo;
Pra depois ficar largados no Brasil futuro;
Cheio de cinzas e de preocupação;
E é o que está acontecendo neste mundo, mundo cão.
(2x) Terror em São Paulo alguém me explica o motivo;
Por que andar de madrugada é um grande perigo.
Não pode ficar assim, vamos tomar uma decisão;
Quem morre nas ruas são nossos próprios irmãos;
E com forme o tempo passa ocorre mais uma notícia;
Acharam um cara morto e o autor não foi a polícia;
E como sempre com isso vivemos sofrendo;
Pra eles é um corpo á mais e pra nós um irmão á menos;
Agora vê se me explica pra que existe polícia;
Se a cada diz que se passa aparece mais uma vítima.
(4x) Terror em São Paulo alguém me explica o motivo;
Por que andar de madrugada é um grande perigo.
Eu não agüento mais tanta injustiça;
Ignorância e preconceito mano de certos racistas;
Que vê o negro como coisa diferente;
Negro não é objeto, negro é gente;
A violência nas ruas aumenta cada vez mais;
Com pessoas com medo de fazer a paz;
Mata, rouba, trafica, mas que absurdo;
E é isso que está acontecendo em nosso mundo;
Mas com uma grande preocupação;
Se no dia de amanhã terá o leite e o pão;
Para dar aos seus filhos;
Que crescem em torno desse sacrifício;
Induzem menores, abrem caminhos;
E colocam pontos de droga sob seus domínios;
A polícia vê isto e fica de braços cruzados;
A continuidade disto é por todos os lados;
Mulheres que põem filhos no mundo;
Pra depois ficar largados no Brasil futuro;
Cheio de cinzas e de preocupação;
E é o que está acontecendo neste mundo, mundo cão.
(4x) Terror em São Paulo alguém me explica o motivo;
Por que andar de madrugada é um grande perigo.
Então grupo Consciência Humana;
Sou W. DEE, APLICK, MC DEE, NÓIA, DJ ADMED e DRR A POSSE.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

De Menos Crime





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form