Tempos Difíceis

Grupo: Detentos do Rap
Álbum: Apologia ao Crime
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Arte de rua vivi e aprendi
Realidade dura e pura acontece aqui
O mundo criminoso não tem coração
Te confunde e te compra com falsa ilusão
Explode o crack na casa de detenção
Os olhares perdidos, zumbizados então
Ladão, sangue bom que aí fora se julgam o tal
Aqui dentro pelo crack espõe a sua moral
Passa a semana toda acendendo o isqueiro
Esperando a sua visita para te trazer o dinheiro
E quando falha entra em total desespero
Já está devendo em diversas bocas
De diversos camaradas... que se não pagar eles o enfiam a faca
Ocultamente eu tento me manter
Se ser esperto é assim, esperto não quero ser
Jogado nas galerias, pipando e devendo até as calças
Dando risada pra sua família
Dentro de si chorando sua própria desgraça
Pense no hoje, no ontem e avalie
O que é errado, para que no amanhã não seja culpado
Se ser malandro é a vontade
Tem que correr atrás e o que correr
Usar drogas, dar rajadas com quadradas
Não está com nada w é preciso inteligência ser perseverante
E estar sempre ligeiro a qualquer hora e qualquer instante...
Tempos difíceis é assim mesmo
Você tem que acreditar
Quando sua casa passa a frequentar
Dinheiro, drogas, motos, carros e mulheres
Não é a sua amizade, isso é o que eles querem
Em um assalto sem dar certo você é julgado
No sistema carcerário você é levado
Amigos seus você vai vendo quem é quem
Só a sua família te ajuda "ela" mais ninguém...





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Detentos do Rap





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form