Nota Explicativa

Grupo: Elo da Corrente
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Autêntico, diferente da maioria que insiste em ser idêntico,
Elo, vaguei e pouso na espectativa,
Na esperança que possa conquistar um dia sua cadeira cativa,
Mas de maneira subjetiva como à tempos vem sendo feito,
Música que se preze nunca é objetiva como receita de bolo ou certidão de nascimento,
Tô cansado de fazer nota explicativa para cada novo pensamento,
Que apesar de simples e sincero o cara não entende e ainda por cima reclama,
De que adianta eu dizer uma tonelada de palavras se o trouxa não entende se quer 100 gramas?,
Sem sentido algum diz que o que digo é sem-sentido,
Pois eu digo, que para entender o que digo 'cê' têm que ter o 13º sentido,
São poucos que o têm,
São poucos que na rima leva além,
Poucos que 'memo' sendo poucos não se intimidam com os muitos na rima ficam a quem de um mirante,
Às vezes me surpreendo alterando a linha de um gesto tradicional por um movimento pessoal e desconsertante,
Meu olhar distante desperta a curiosidade na alma sedenta de verdade,
E a sensibilidade é o suficiente para que eu mantenha-me ausente ao convecional,
Imagina eu todo sorridente tendo que fazer cara de mal,
Pô, não ia da certo,
Desencana disso, pois se não você vai ficar bolado,
Tá esperando ouvir de mim aquelas mesma coisas, daqueles mesmo cara, é melhor esperar deitado,
2x
É, eu disse e repito,
Por que você me diz que não?,
Se não aprimorou sua percepção,
Cade conhecimento, cade motivação pra sair do espaço em que se encotra a multidão,
É uma questão de valores,
Viver ou não de rumores,
Para mudar o conciente por milhões de cores,
Que imaginem enquanto sigo por rotas não palmilhadas,
Onde culturas brancas nunca foram implantadas,
Não sou guarani, mas por aqui eu finco os meus pés,
Onde os pássaros escutam os meus decibéis,
De gritos num espaço nunca antes ocupado,
Por isso eu vôo rasante de um modo desconcertado,
Vivo do errado ao certo com intensidade,
Momentos são as vidas que se quebram pela metade,
Realidade na verdade a minha é muito diferente,
A sina de uma ponta fina e um traço recente,
Poema quente, crente no que é natural,
Que alivia a irritação de uma vida normal,
Que na real me desilude,
Sem ter muita atitude,
Onde o grande desempenho é fruto de uma atitude.
2x
É diferente,
E você sabe é o Elo da Corrente,
Com os amigos reunidos novamente,
Trazendo coisa rara,
A aliança nunca para,
Is-tar e Ovo-Rosa, parceiro,
É Rhima-Rhara





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Elo da Corrente





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form