Patricinha

Grupo: Eric White
Álbum: To No Verde
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Filhinha de papai, alta sociedade
pai empresário, mãe socialight
mora nos jardins, ap no um por andar
estuda no Dante e na Daslu ia gastar
seu carro é ---- ap em capacabana
viaja de jatinho e é vegetariana
pratica Yoga fala inglês e dança jazz
conhece a Europa e gasta american express
pensa em ser modelo, atriz, faz teatro
frequenta academia e pratica, triatlon
tem tudo na mão, ostenta riqueza
é a filha única e deslumbra beleza
na adolescência, na fase do ibope
começou colar com as patricinhas no shopping
a ilusão, veio a procura da emoção
foi na balada rave conhecer o Jão
Jão falso playboy, picadilha paquito
conversava bem catava vários piriquito
o frango até que pá, mas é um porra loca
só cola com louco é tá devendo na boca
perfurou a mente da inocente Vanessa
chavecou a gatinha, ela pirou a cabeça
experimentou o extase... gostou
ficou alucinada a noite inteira dançou
Jão cutou os quatro canto ele xonou
junto e misturado e o barato endoidou
já era, não era mais aquela menina
tá fumando um e cheira cocaina

Refrão:
Tá no Crime
Metou o louco, endoidou, virou o crime

Na casa de Jão o filme tava queimado
só andava louco e vivia trepado
tranformado, conduzia a vida bandida
Vanessa se perdeu totalmente envolvida
A família dela não a reconhecia
vagava a noite toda e dormia de dia
faltava na escola, as nota vermelha
"ih mãe nem vem me pegar de orelha"
de mesada cortada, os cartão bloqueado
rateava em casa, usava com o namorado
possuida, por todos os demônios do vício
virou bicho
"ninguém tem nada a ver com isso"
ela e Jão, montaram um quadrilha nervosa
todos me provoca agora eu sou criminosa
157, roubando condomínio de luxo
jóia dolar ouro, ---- no cartucho
loira linda má, não havia suspeita
só boyzão na quadrilha, só pegada perfeita
virada no capeta a vítimagem enterrou
requinte crueldade reagiu ela tro
toda endinheira, só lazer banca forte
só de nave importada, essa é a firma da sorte
só artigo de grife, muita droga pesada
flat hotel 5 estrelas, um monte de fita dada
dominada, escrava daquele amor bandido
estilo de vida, submundo perigo
engrupidos, o DEIC já estava na bota
ela sempre falava, "me entrego só morta"

Refrão

Audaciosos, frios e calculistas
Vanessa na quadrilha virou estrategista
com duas quadrada dourada, 4 5
de mini ruger e granada no cinto
de BM blindada, HP na frequência
desligava os alarme, pra não ter turbolência
na sequência, comemoração delirante
e a civil rastreando, todos modus operandi
os homi deram um bote sorte, teve acerto
deram o Audi TT, dinheiro e os armamento
só lamento, já tinha outra equipe de olho
o esquema, é dar o xeque-mate no molho
dá o estouro, sequestrar aquele empresário
puxa o bonde, o patife é milionário
o safado é corrupto e conhece meu pai
recebendo o resgate ele vai pro caraio
o tabuleiro montado, o bico tá de blindado
pra G3 é sem chance, reagiu é finado
tá grudado
já se encontra no cativeiro
contato feito
ganha 10 milhão no dinheiro
só 3 dias, para que o pagamento aconteça
e passou disso, o corpo vai chegar sem cabeça
e não esqueçam, não mandem o dinheiro chipado
o time aqui é treinado tudo vai ser checado
mas todo ladrão, tem seu dia de azar
Jão falou demais e moscou, no celular
em poucos minuto, o inferno e o desespero
a anti-sequestro estourou o cativeiro
Jão e o parceiro os home encontrou na matraca
Vanessa entrou em cana mas matou o cu na faca
assinou vários BO cadeia b de montão
na penita virou
mulher de sapatão





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Eric White





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form