Aperte O Gatilho Por Favor

Grupo: Facção Central
Álbum: Direto do Campo de Extermínio (2)
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Aí deus manda o gambé furar meu coração
Sou imune a qualquer Clínica de Desintoxicação
Cansei de ser instrumento da voz do diabo
Que no dia das mães da sofrimento embrulhado
Se pá na autopsia a ciência ache um antídoto U
Um arti-corpo contra um vicio no meu metabolismo
Pelo menos enterrando no mato meus ossos
Em outro século vira estudo de arqueólogo
Não honro quem me deixava na creche 7h
Pra lavar porcelana chinesa no Jd. Europa
Hoje enquanto meus irmãos tiram 10 na prova
Eu faço jus a patente dos Hooligans por droga
Vão dar ordem na linha de montagem de fábrica
Gato persa filha aos 15 dançando valsa
Vão ter cabelo branco tapete de urso panda
Eu vou comer lixo e eles trufa italiana
Olham pra mim como se eu fosse extraterrestre
Esquelético feridas na pele tipo um monstro de filme trash
Deveria ser tombado o patrimônio do bairro
Sirvo pra mãe mostrar pro filho o fim do caminho errado
Na crise de abstinência nem camisa de força
Corta o pulso com gilete quebra a casa toda
Deus se não quiser um enforcado no lustre
Manda o gambe escrever civil na minha testa com a UZI.

[refrão]
Deus aperte o gatilho termina logo com isso
A morte é a única clinica pro meu vicio. 4x.

É muito fácil me julgar com o rabo cheio de Chivas
Sem um fantasma da droga e nem um membro da família
Quem você quer morto na cela do presídio
É doente diagnostico dependente químico
Doença que não discrimina cor nem classe
Contamina no barraco também no iate
Queria tá com minha mina no cinema
Não ser a voz que aterroriza no telefonema
Tá empregado dando entrada no Vectra CD
Mandando o boy se foder com seu Cartier
A sensação mais forte é quando o efeito passa
Quando se lembra da faca enfiada em dona de casa
Sente o cheiro de quem há cinco dias não toma banho
Se vê despenteado vestindo qualquer mulambo
Nessa hora olho no espelho e não tem ninguém ali
Só vejo um defunto olhando pra mim
A vontade de usar vence a vontade de viver
Não existe mais moral atitude e proceder
Qualquer quintal que tiver um tênis já vale
Cego, louco enfrenta até Rotweiller
Não queria acabar amarrado com varal
Com traficante me afogando numa bacia por um real
Dispensando meu cadáver na parede e encimentando
E minha mãe eternamente com um cartaz me procurando.

[refrão]
Deus aperte o gatilho termina logo com isso
A morte é a única clinica pro meu vicio. 4x.

A campanha da TV me mostra como um burro
Que na escola vai repetir ser mau aluno
Em nenhum comercial o cuzão publicitário
Me expõe como vítima do trafico
Aqui só é humilhado pobre que usa droga
Nunca o boy dono da plantação de coca
A lente não faz foco em condutor de Maranello
Com personal trainer e endereço em Campo Belo
Filma aí o gambe trazendo crack pra eu vender
Recebendo divida com moto e DVD
Governo omisso mete areia com campanha falsa
Que resulta em carne envenenada no seu cão de guarda
E você asfixiado com gás que sai do forno
Pra eu trocar por 5g seu vinho do porto
Se viciado é criminoso tão tudo perdido
Tratamento clinico não é choque no distrito
Com meu pinto eletrocutado eu não vou ser recuperado
Vou entrar ?16? sair ?121? graduado
O moleque com a cola do lado do chafariz
Só incomoda quando tá com a PT no seu nariz
Sem formação acadêmica entendo a metamorfose
As criança hoje com éter amanhã o ladrão com a ?9?
Deus mata o filho do político de overdose
Pra nunca mais um orar pro senhor pedindo a morte.

[refrão]
Deus aperte o gatilho termina logo com isso
A morte é a única clinica pro meu vicio. 4x.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Facção Central





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form