Cracolandia

Grupo: Fato Realista
Álbum: De Dentro do Brasil
Ouça o som:   tocar tocar tocar



La vai ele correndo, entre os becos se escondendo
sei lá se é por raiva ou já tá no veneno
Sem camisa, descalço, shorts esburacado
caiu ali o cachimbo já tah desandado
Moleque assim manoo, ja cansei de ver
mete fogo faz fumaça, brisa até morrer
Na disposição, no sol e na chuva
dando bote no seu bolso pra garantir a loucura
Já nem sabe o que é pai, pra ele tanto faz
se perguntam seu nome, pensa pra carai
E a vida se vai em fração de segundo
se senti deslocado, fora desse mundo
E ele vai curtindo queimando o seu cachimbo
olhando pro nada, brisando e sorrindo
Uma social o nerd faz campanha
mais nem chega perto um dia da cracolândia
Se chega perto se espanta, a desgraça é tanta
um monte de Zumbi, e no meio criança
Que amanhã ou depois, será mais um menino
na angústia, queimando o seu cachimbo
Então se liga, por que a vida é louca
e na cracolandia a brisa não é pouca
Vivemos na babilônia, agora é cracolândia
Vai destruindo tudo, transformando em chama
Vai destruindo os predios, que são de concreto
É tudo pedra tio, e o bagulho é sério
A mocinha ta ali, sozinha agachada
com a barriga crescida, sipá á ta gravida
Vai inalando a fumaça, aumentando a desgraça
a criança sem culpa já nasce viciada
Os olhos vermelhos, indicam a mutação
Residente Evil, não é ficção
Muitos dissem que não, mais se perdem na calada
os olhos vermelhos, pike coelho da pascoa
Só que é sério, não tem mistério
a fumaça indica, o caminho pro cemitério
Tudo amarelo os dentes, quando se tem os dentes
as vezes só os dois da frente, imitando a serpente
Pronta pra da o bote, bem no seu bolso
infelizmente isso acontece, com o meu povo
O bagulho é louco, e sem brincadeira
meninas que atendem por boqueteira
Chupa o bagulho de presa, roda a banca na festa
faz a alegria de quem tem, 3 gramas de pedra
E escorega ali, uma nota de cem
quem tem, tem, e ela inveja quem tem
Mais também nem tem, diheiro pra nada
e quando se tem, ali vira fumaça
Não queria ver isso, povo na beira do abismo
tratados como lixo, meu DEUS é incrivel
Vivemos na babilonia, agora é cracolandia
Vai destruindo tudo, transformando em chama
Vai destruindo os predios, que são de concreto
É tudo pedra tio, e o bagulho é sério
Vivemos na babilonia, agora é cracolandia
Vai destruindo tudo, transformando em chama
Vai destruindo os predios, que são de concreto
É tudo pedra tio, e o bagulho é sério





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Fato Realista





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form