Xaxado Chiado

Grupo: Gabriel O Pensador
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Eu botei o som na caixa e testei o microfone no capricho mas o som saiu chiado
Eu tentei fazer um xote, um chorinho ou um maxixe mas não sei quem foi que disse que o que eu fiz era xaxado
Ó xente, vixe! Um xaxado diferente, de repente tá chegando pra ficar
Resolvi dar uma chegada lá no Sul pra mostrar o meu xaxado porque achei que lá embaixo iam gostar
Chinelo, chapéu, xampu
Enchi minha mochila e parti pro Sul
Encaixei um toca-fitas no chevete e achei o meu cassete do Raúl
Na estrada eu nem parei na lanchonete porque eu tinha pouco cash e esperei até chegar
Em território gaúcho só pra rechear o bucho de chuleta na chapa na churrascada de lá
Ó xente, vixe! É o xaxado é o maxixe!
Não se avexe, chefe, chega nesse show só de chinfra
Ó xente, vixe! É o xaxado é o maxixe!
Não se avexe, se mexe, meu chefe, chama na xinxa!
Uai, sô! Que trem doido sô! Que som doido sô! Que troço doido é esse?
Uai, sô! Quem trem doido sô! Que som doido sô! Que trem bão!
Fui mostrar meu xaxado pra gauchada
Mas rachou o chassi e eu vendi o chevete
Cheguei no "buxixo" de charrete
E xavequei uma mulher que parecia uma chacrete
Vê um x-salsicha e uma chícara de chá
Aqui aceita cheque?
- Mas claro, tchê! Bah!
Tomei um chimarrão e a chacrete confundiu o sanduíche com chiclete mastigando sem parar
- Chegaí... quer ketchup?
Ela não gostou da expressão
Armou o maior chilique e chamou o leão-de-chácara que veio me chutando e me jogando no chão
Ô xará, eu não fiz nada demais!
Peraí, vâmo fumar um cachimbinho da paz
O Schwarzenegger não quis nem saber
E me torturou que nem o Pinochet!
Não era tiazinha mas me encheu de chicotada
E me deixou chorando com a cara inchada
Xi... o xerife já chegou rachando o bico
- Barranqueiro!
Calma chefia, eu explico...
Ele me fechou no xilindró, puxou a minha ficha
E achou que eu tinha chamado ele de bicha
Mas o gaúcho era macho
Parecia uma rocha e usava bombacha
- Aqui no Sul, o buraco é mais embaixo!
Eu não gosto de deboche e vou te encher de bolacha!
Refrão
Paguei minha fiança com a grana do chevete
E armei um cambalacho pra não ir a julgamento
Tentei fazer pechincha mas o cana me driblou feito Garrincha e me deixou sem argumento
Procurei um rasta-pé e fui parar na dança chula mas a festa tava cheia de mulher
As gaúcha pareciam com a Xuxa, pimba na gorducha, se der bola eu tô pé
Tinha uma gostosa de cabelo cacheado que eu fiquei apaixonado só de olhar
Ela de shortinho dava um show
E eu de cachecol sentindo um frio de rachar
Bicho, ela tinha um remelexo de fazer cair o queixo de qualquer cristão
E eu que não sou frouxo decidi dar um arrocho na cabroxa e chamei ela pro meio do salão
Pôxa, que coxa! Puxei ela com força, ela chiou, aí eu disse "não se avexe"
Relaxa, chinoca... relaxa... se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe
Se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, gaúcha
Me empurra que eu te puxo, se eu te empurro cê me puxa
Se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe, se mexe que o seu remelexo me deixou maluco, cheio de tesão
E quando eu disse isso eu não sei que bicho deu nessa gaúcha que ela me deu um chupão
E cochichou que queria aprender o meu xaxado e me ouvir falar chiado no colchão
Se fosse no chevete era chocante
Mas na falta do possante eu fui pra beira de um riacho
Senti um cheiro estranho mas o bicho foi pegando... Hum! Me machuquei no fecho ecler, que esculacho!
O cheiro era de peixe e eu achei que era do rio mas me deu um calafrio quando eu vi que era chulé
Broxei no mesmo instante porque o cheiro da mulher era broxante e eu nem sei se era do pé
Aí chegou o namorado da gaúcha, chupado, esquelético que nem um raio-x
Ó xente, vixe! Tá chapado de haxixe, diz que eu vou me arrepender do que eu fiz
- Você? Me bater? Só se for com o chifre! 'se enxerga, xinxeiro magricela!
Mas o cara era faixa-preta, me acertou que nem boliche e me deixou com olho roxo e banguela
Eu só levei preju na viagem pro Sul
Agora eu vou pro estrangeiro pra tentar esquecer
Vou mostrar o meu xaxado viajando o mundo inteiro
E comprar outro chevete com o dinhiro do cachet
Ê, meu rei, que som massa, véio
Que som "loco", mano, que som da hora esse
Ê, meu rei, que som massa, véio
Que som "loco" mano, que som dez





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Gabriel O Pensador





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form