O Picadeiro é do Público

Grupo: Gugão
Álbum: Pra não dizer que não falei dos podres
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Há de se pensar em outra forma de viver,
E tirar quem nos explora lá de cima do poder
Não adianta reclamar, e nunca protestar
Enquanto houver consentimento as coisas nunca vão mudar
Todos querem ser aceitos dentro da sociedade
Ter uma Hilux dois andares e um par de tênis Nike
Mas ninguém se importa com a mão que pede ajuda
Do moleque que foi espancado pelo ROTAN por dormir na rua
O povo brasileiro assimilou o preconceito
Apanha e engole a seco todo o tipo de desrespeito
Do patrão, do governo, do político, do estrangeiro
Busque seus direitos no exercício do respeito
Ou da greve, não se deve aceitar tudo calado
Se mobilize e conscientize o cara que ta do seu lado
Chega de fazer papel de palhaço e de platéia,
A política é nossa, vamos fazer parte dela!

Corruptos safados ouçam o que eu tenho a dizer:
Se não querem ajudar não atrapalhem o proceder
O Brasil tem muita gente pra fazer acontecer,
Queremos mais mudanças, nós votamos em vocês
Chega de ter tanto medo é nosso esse picadeiro
Aproveita ainda é cedo vamos deixar o circo cheio
Não sei quanto a vocês, mas eu não sou representado
Por nenhum desses pilantras que estão lá no plenário!

Corruptos safados ouçam o que eu tenho a falar,
Parem de olhar pro umbigo, ajudem o Brasa a não queimar
Liberem a maconha, vão prender os ladrões!
No Brasil não tem bandido rico dentro das prisões
Ao contrário, envergonhado, digo: estão lá no poder,
Surrupiando contas públicas e enganando você!
Ele aparece em sua casa na véspera da eleição,
Te envolve na conversa, sabe sua ambição.
Você cai, dá seu voto, acha que agora vai mudar
Mas você cai, ele assume e começa a roubar
Ninguém no Brasil mais acredita na política
Instituição falida, piada de esquina!
Te lanço um desafio: ande dez anos pra trás,
E repare todo dia no que dizem os jornais
Quero ver você achar uma edição que não comenta
Sobre abuso de poder, corrupção ou violência
E quero ouvir você falar, o que fez de lá pra cá,
Nem sequer tentou lutar, nem sequer tentou tentar
E agora eu paro, penso e reflito sobre tudo:
Como seria, se os bons que governassem o mundo???



Corruptos safados ouçam o que eu tenho a dizer:
Se não querem ajudar não atrapalhem o proceder
O Brasil tem muita gente pra fazer acontecer,
Queremos mais mudanças, nós votamos em vocês
Chega de ter tanto medo é nosso esse picadeiro
Aproveita ainda é cedo vamos deixar o circo cheio
Não sei quanto a vocês, mas eu não sou representado
Por nenhum desses pilantras que estão lá no plenário!

Os políticos são como os nossos mais falsos amigos
Preferimos a ilusão de que não são os inimigos
Mas no fundo nós sabemos que a grande maioria
Não passam de sangue-sugas que te arrancam até a vida
Se puderem, não se importam com a vida do outro,
Para eles o que importa é estar com o bolso gordo
Corrupto sem coração, na sua conta ta o pão
Do miserável que não tem em casa nem televisão
Mas tem cinco catarrentos que dormem sob o relento
Passam fome, adoecem, pois o pai não dá o sustento
Necessário, porque quase 100% do salário
É tributo pra esses putos enche o cú com vinho caro
Na viajem com a família, pra Europa ou Canadá
Não importa, até a passagem é o povo que vai pagar
E pra pensar, eu deixo uma frase eternizada:
?Até quando você vai ficar de saco de pancada?
Até quando você vai levando, porrada, porrada,
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando, porrada, porrada,
Até quando vai ser saco de pancada?
Até quando você vai levando, porrada, porrada,
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando, porrada, porrada,
Até quando vai ser saco de pancada??*

Corruptos safados ouçam o que eu tenho a dizer:
Se não querem ajudar não atrapalhem o proceder
O Brasil tem muita gente pra fazer acontecer,
Queremos mais mudanças, nós votamos em vocês
Chega de ter tanto medo é nosso esse picadeiro
Aproveita ainda é cedo vamos deixar o circo cheio
Não sei quanto a vocês, mas eu não sou representado
Por nenhum desses pilantras que estão lá no plenário!

(Fala)
É... se a gente quer mudança, a gente tem que ser, fazer e viver a mudança,
E sobre tudo, ESCOLHER a mudança. Vamo votar certo galera...

*Trecho de Gabriel, O Pensador, da música "Até quando".





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Gugão





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form