Um Click

Grupo: Hungria
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



(mano poeta)
Demorou, com nós não tem conversa
Primeiro a telação dos fãs quando nós chega na festa
No estilo gringo e pah, meio diferenciado
Eu sou magrelo, e sou folgado e tô com das puta do lado
Ou lugar safado onde vale só seu carro
Na noite mano poeta, se eu pegar eu faço estrago
A morena e a loira que ja quer colar comigo
Mesmo sem dollar no bolso, maluco ja velo que ela está sorrindo
Me diga garota, o que você faz aqui?
Minha grana no interesse, tu quer conseguir o dim dim?
Nas ruas eu vou seguindo, sou fugitivo da blitz
Quando vejo os cones, e atropelo e 120...ta bom
Tô com os parceiros de fé, seja o que deus quiser
Na aposta leva os 'peixe' quem pegar mais mulher
Sentinela é só festa nessas caixas que interessa
Quero ver quem vai ficar parado ao som do mano poeta...
(refrão) 2x
Tô na rueira se prepara, a noite chegou
Um brinde a nóis, saudando o nosso valor
Muita saúde, prestígio, um click
Balada, curtição, medida vários drinks
(hungria hip hop)
Minha vida, meu mundo, os dollar vagabundo
Minha noite, meu tudo, os graves no bumbo
Assim que é bom, mancha de batón
O rap no som, na roda shandom
Esbanja as notas na madruga e bota pra sentar
Se é red label ela se joga e vem se apresentar
Satisfação é toda minha, gata eu sou hungria
E é só dentada, dente freeze na sua calcinha
De aro 20' boy passo no flamingo
Pirigueti quer cash, vai passar sorrindo
Se meu estilo grindo te incomoda veja só
Pescoço porta ouro que é banhado a suor
Altas gatas, um flash!
No bolso é, só cash!
O som que, estremece!
Cara preta, um teste!
A luz da lua e das estrelas no teto solar
Viagem longa na minha imagem pop star
Só pra representar ice club vem que vem
As banda cai na banda, só cifra nota de 100$
(refrão) 2x
Tô na rueira se prepara, a noite chegou
Um brinde a nóis, saudando o nosso valor
Muita saúde, prestígio, um click
Balada, curtição, medida vários drinks
(chacall)
Paga pau tô legal, sentinela e chacall um brinde a nóis
Tô chegando no frevo, represento, a tua voz
Criado no gueto solto na rua, lua nigth escura
Vielas e gritos, febre quando a brait é pura
Um gelo no copo, delícia no colo...venham venham vê
As nota de dollar, sustenta com ouro...venham venham vê
Se o bumbo bate, treme terra aqui é nóis que faz
E os cara preta é os que representa mais "faz"...
Muleque ficou zeim, sentinela também
Curtindo a nigth play com nota de 100$ "tem"...
E os bico que me segue, pra quem me fortalece
E os malote nos blindado da protege um cash
Me vejo em altos flash, aqui só mais um teste
Sentinela prossegue, a firma não se converte
Chacall, sentinela, mano poeta...
Representando
(refrão) 2x
Tô na rueira se prepara, a noite chegou
Um brinde a nóis, saudando o nosso valor
Muita saúde, prestígio, um click
Balada, curtição, medida vários drinks





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Hungria





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form