O Poder da Maldita

Grupo: Juruna
Álbum: [Desconhecido]
Não há video para essa música



De feia ela ficou bonita
Digna de capa de revista
Miss são paulo, miss brasil
Bronzeado de céu anil

Nem 3d dar esse efeito
Imagem perfeita, nêgo
E o apetite então
Posso dizer que é de leão

Fica pra trás biotômico fontoura
E qualquer outro tipo de coisa
Do baile todo foi à escolhida
(magnífica) é o poder da maldita...

Tequila

Ele chegou se aproximou
(oi, boa noite) um xaveco jogou
Olha que nem precisava
Ofereceu um gole da malvada

Que faz jovem fica desgovernado
Na noite bater o carro
A mulher de um fulano ficar cheia de lesões
A indústria lucrar bilhões

Ele dançou a beijou
Abraçou e namorou
Prus camaradas apresentou a mina
(que fita) é o poder da maldita...

Tequila

Pra fechar com chave de ouro
Resolveu por a mão no bolso
Levar pro motel com hidro
E uma garrafa do veneno maldito

Fez amor como nunca fez há tempos
Nem usou camisa de vênus
(é hoje que eu saio do veneno) mas que mina é essa
Que a excitação desperta

Pegou no sono e quando despertou
A princesa virou bruxa, môro
Pegou suas coisas e saiu na miudinha
(vichi) é o poder da maldita...

Tequila

A marvada pinga é que me atrapalho
Eu entro na venda e já do meu taio
Pego no copo e dali não saio
Ali mesmo o bebo, ali mesmo eu caio





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Juruna





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form