Só Mano Original

Grupo: Juruna
Álbum: É Pra Bater Pesado
Não há video para essa música



Só mano original
No bang é de mil grau

Estrala o rap no alto-falante
Defensor da quebrada é um gigante
Sempre atento de olho no lance
Sabe conversar e não arrogante

Consome mais o natural
Evita bastante o industrial
Leva a vida firmeza total
Sempre desviando do bacanal

Chega nos pivete e dá um salve
Pode conta é noís na nave
Paz, justiça e lealdade
Jamais se render a pilantrage

Deus no coração em primeiro lugar
Familia na vida em segundo lugar
Os parceiro na rua em terceiro lugar
E os demais que cooperar

Já foi o tempo de policia na bota
Metendo bronca no boy do toyota
Tirando uns dia aí é roça
Ou quando não direto pra cova

Mais sofrimento não, cê é louco
A vida é curta pra ficar nesses molho
E acordar no fundo do poço
Esperando a corda vindo dos outros

Só mano original
No bang é de mil grau

Não segue a moda etiqueta de boy
Estilo favela, eu sou mais nóis
Do ancestral, escuto a voz
Revolucionário, eu sou algoz

Resistência meu bom esse é o teste
O que não mata pode crer fortelece
Se apega na fé, se apega na prece
Mais sangue-bom não esmorece

Vida de rico gozolândia à rodo
Te ensinaram assim que esse é o jogo
Não pra você, sem herança de trono
Só catando a preserv no trajeto do ouro

Você tem a tradiçao da escola de samba
Você tem a cultura que a massa aclama
Você tem a quebrada e as festança
As mais, mais do gueto então não reclama

Tem que ter visão, percepção
Articulação, inovação
Representação, sempre em ação
Não mosca não, tá certo irmão

Por isso cê ve, poucos por aí
No dia a dia sobressair
No bang, na fita, na parada enfim
Originalmente até o fim





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Juruna





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form