Carta aos Manos

Grupo: Lito Atalaia
Álbum: [Desconhecido]
Não há video para essa música



Jó vê se agüenta o sofrimento e fica firme
Eu sei que ta difícil ai, mas não desanime
Não esquece que a prece do justo tem valor
Esquece da dor, e se lembra do amor
Que ele tem por você, sofrer, por você
Pra morrer, por você, pra você não morrer
Ele creu em você, veja tudo o que ele fez
Então acredita nele nem que só mais essa vez
Hey jó, nem precisa me dizer a quanto tempo
As chagas te perseguem e elas estão te corroendo
E você nem sabe porque né, quanto tempo faz
Inimigos te perseguem e anulam sua paz
Mas, crê e somente crê, que Ele é e somente é
O EU SOU, Ele é o EU SOU, é quem honra a tua fé
Cada estreito, cada fase, cada briga ta contigo
Não acredita no contrario que é mentira do inimigo
O teu Deus é bem maior do que o que está na sua frente
Olha essa barreira e guarda ela na sua mente
Porque logo mais, você há de testemunhar
Que o teu Deus agiu dos céus e tirou ela do lugar
REFRÃO:
NUNCA ESTAMOS SÓ
EM TUDO O QUE PASSAMOS
QUE ECOE A MINHA VÓZ
NESSA CARTA AOS MEU MANOS
Não importa a quanto tempo você não vê mais saída
Não importa a quanto tempo esta tudo acabado
Não importa a quanto tempo o impossível, não acontece
Não importa a quanto tempo Lázaro sai do buraco
Levanta sai daí, porquê o povo precisa ver,
Eles chamam pelo nome, mas não crêem no poder
Só que, Jeová Jhiré não sabe o que é derrota
Não pule a janela se a benção bate a porta
Incline teus ouvidos a voz do Messias
Esquece o mal de ontem porque raia um novo dia
Batalha após batalha você sempre há de vencer
O inimigo se levanta contra o ungido pra perder
Você não sabe o quanto custou caro a tua vitória
Sangue no calvário e se fez carne o que era glória
E todo céu assistiu, a agonia de um rei
Que morreu porque amou de uma forma que eu não sei
Isso não vai ter replay, nunca mais alguém fará
Nunca mais na tua vida tanto amor receberá
Nunca mais se trocara, um pecador por um santo
Nunca mais nos olhos do pai se verá tanto pranto
Ele está em todo canto, ouvindo a tua voz
Teu sangue é o manto, que paira sobre nós
Nunca estamos sós, em tudo que passamos
Que ecoe minha voz, nessa carta aos meus manos
REFRÃO:
NUNCA ESTAMOS SÓ
EM TUDO O QUE PASSAMOS
QUE ECOE A MINHA VÓZ
NESSA CARTA AOS MEU MANOS
Ele não vai falhar, nunca vai te esquecer
Sim lembrará, ele volta por você
Pois não mudou, ouve a tua oração
Não se mudou, vive no seu coração
REFRÃO:
NUNCA ESTAMOS SÓ
EM TUDO O QUE PASSAMOS
QUE ECOE A MINHA VÓZ
NESSA CARTA AOS MEU MANOS





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Lito Atalaia





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form