Eu Tenho O Que Ela Quer

Grupo: Lito Atalaia
Álbum: [Desconhecido]
Não há video para essa música



Hé, seu tipo não é estranho, ela age sempre assim
Se insinua pro's meus manos, se insinua pra mim;
Sínica até umas horas, diz que vai ser diferente,
Diz que vai ser fiel, que ninguém separa a gente
Só que eu tô de segunda, pois é, eu tô cabreiro,
Por aí ouvi dizer que ela só quer dinheiro.
Hey Perna, 'cê' lembra dela, se envolveu com o Renatinho,
Só três meses, nada mais, quase acaba com o neguinho.
A minha dele, coitada, não podia fazer mais nada,
Sentada na calçada ela chorava e lamentava.
Sua lábia é sempre a mesma, diz que mudou e eu posso crer,
Mas ainda sinto algo estranho em você.
(Refrão)
Tô ligado qual que é, eu tenho o que ela quer (4x)
Acho que já tô lembrado por quê ela não me desce,
O lugar foi a viela, quem viu nunca se esquece.
Dois moleques dentro dela brigando por sua causa,
Passei desbaratinado e a discussão teve uma pausa.
Depois de alguns segundos eu só ouvi dois disparos,
Um gritava: "-ela é minha!", e o outro: "-eu nem falo".
Hé, agora cola na minha assim como se fosse santa,
Diz que quer ficar comigo e que correr não adianta,
Que sempre que está comigo, sempre me olhou diferente.
Se liga que loucura, ela diz que já me sente.
De repente eu tô errado mas não vai ser fácil assim,
Ainda acho que ela só quer aprontar pra mim.
(Refrão)
Tô ligado qual que é, eu tenho o que ela quer (4x)
Eu tô ligado qual que é.. (Eu tô ligado qual que é)
Hé, você roda que nem roleta, vixx, é muita, muita treta, sinal de perigo irmão, ouça o que eu digo irmão,
Arma do inimigo irmão, mantenha seus pés no chão,
Algo negativo irmão, casa de caboclo irmão,
Livre-se disso, diga não, não dê o que ela quer irmão.
Mais um na sua lista que teve pouca fé,
Não soube ficar de pé, eu sei, é o que ela quer.
Andando pela rua eu vejo o que ela contamina,
Os preto, os branco, os mano, as mina, essa é a sina.
De caras que dela não souberam como fugir,
Histórias pra contar é o que não falta por aqui.
Aquele que seus caminhos não entregou nas mãos de DEUS,
Tentou andar sozinho, em poucos passos se perdeu.
A curiosidade está custando muito caro,
Outra vida no ralo, outro que vai de embalo.
Quem traz ela pra cá com a nossa gente não se importa,
Mais uma vida morta, mãe que implora, mãe que chora.
Pra ela feche a porta, escute o meu apelo.
Jesus morreu na cruz porque não quer perdê-lo.
Ela vai entregar sua vida pra morte,
Com ela eu sei quem pode, com Jesus você é forte.
Há fracos pela rua, ela sempre contamina,
Os preto, os branco, os mano, as mina, essa é a sina.
Hé, domina e se entrega sem fazer distinção.
De cima meu povo só traz destruição.
Atrás da saia dela muito cara que se perde,
Mina de 17, sozinha com o pivete,
É natural, é tipo veneno de cobra,
Ela faz mal, hé, ela cava tua cova.
Dizem que ela é daora, dizem que tá na moda.
Te enrosca e não desdobra, te enrola e te incomoda.
Mas o que ela quer de mim, Perna, não tá comigo.
Minha ALMA e minha VIDA estão nas mãos de Cristo.
Tô ligeiro com ela que me tromba em toda esquina,
Não dou o que ela quer, ela desbaratina.
D-R-O-G-A, esse é o nome dela,
Olhar de cinderela, não se iluda com ela...





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Lito Atalaia





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form