Manifesto do Gueto

Grupo: MV Bill
Álbum: Falcão, O Bagulho é Doido
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Ei Ow Ei Ow
O que é deles não é nosso, o que é nosso é de todo mundo
Chegou agora, então respeita vagabundo.
Hip-Hop manifesto do gueto
Sempre fez dueto, entre a fantasia e o real,
pra combater o mal
Foi ti por quem eu senti,
quando eu vi pela primeira vez cola os Ice Tea
Sonhos coloridos década de 80,
quem viveu sabe o que isso representa (Experimenta!)
Se não tem pique, não agüenta (Tenta!)
Conquistar pela força do dinheiro
Tentaram a apagar a luz de quem é verdadeiro
Insistindo em descobrir o Eminem brasileiro
São aqueles que desconsideravam o rap
Que hoje tão brincando de ser preto em festa black
Sem essa de querer ser meu representante
Na minha história eu não serei coadjuvante
-Refrão-
Aprender, respeitar
Sem querer seqüestrar
Resistir, confrontar
Dividir, conquistar
-Mv Bill -
As ruas me ofereçeram armas de fogo,
através do hip-hop eu fui incluído no jogo
Sem máscara de artista tô de volta na pista
conflitando as idéias como faz o abolicionista
Desde o início, dependente do vício.
Acionou o estopim, revelou o que há de bom em mim
O 993, pela primeira vez a voz do pensamento foi pro palco
Fazendo a multidão levantar a mão pro alto
Respeita a habilidade no morro e no asfalto
Agradeço, acho que ganhei mas nunca mereço
Exercer a profissão perigo tem seu preço
E o peso, de olhar na cara e ver quem da mancada
Comédia que faz média na mídia, palhaçada
Pra nós não pega nada, nossa saga continua
Honestamente sou o filho defensor do ritmo de rua
-Refrão- 2x





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

MV Bill





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form