Poderoso Deus

Grupo: Nação Favela
Álbum: A Nação é Favela
Não há video para essa música



Poderoso Deus
Poderoso Deus
Poderoso Deus
Minh?alma anseia por Ti (bis)

Nossa, a minha vida nunca foi um mar de rosas
Não vivo, sobrevivo nessa rua, nessa droga
A angústia é o que mais dói, tipo corrói aqui por
dentro
As lágrimas que escorrem no meu rosto é o sofrimento
O que fazer se eu não tenho oportunidade
De ser alguém e ter uma vida de verdade
Se tudo o que eu faço dizem que não é honesto
E o que me dizer daqueles que tão lá dentro do
Congresso
Luiz Inácio nunca foi, véi, favelado
Almoço executivo e o homem anda blindado
Eu poderia ignorar e manter minha postura
Mentiria, falaria que a vida não é tão dura
Queria poder dizer que não existe desigualdade
Mas com certeza eu te faltaria com a verdade
Eu queria realidade, eu vou ser bem sincero
Paz, justiça e liberdade é o que eu mais quero
E espero
Eu quero que você me responda por favor
Por que o preto e o pobre aqui são sempre
descriminados?
Por que que a polícia nunca dá o bote naqueles que
estão errados?
Por que que eu não vejo a felicidade estampada em
todos os rostos?
Por que que a única coisa que eu escuto é tiro e
choro?
É véi, tá sem respostas
O que eu falo aqui abala e traz revolta
Né não Negro Sombra? Pra muitos isso não importa
Eles querem é dinheiro, muita fama e glória
É Sigilo isso é o que o burguês quer
Ver nós no xadrez nunca quer ninguém de pé
Mas eu vou lutar, vou gritar, vou cantar
Enquanto eu existir minha voz não vai parar
E eu vou dar um bom exemplo pro?s moleques da favela
Mostrar que o crime é podre e a sua vida é muito bela
O fim está próximo, Jesus está voltando
E eu estou vendo que vocês não estão se ligando

Eu tenho fé que Cristo vai voltar...

Poderoso Deus
Poderoso Deus
Poderoso Deus
Minh?alma anseia por Ti (bis)


Será que eu sempre vou merecer suas porradas e
descaso
Na madrugada lágrimas do céu enxáguam minha pele
escura
Nas ruas estreitas caminho sozinho é rocha
Um vento forte levou minha vontade de sorrir embora
Um algo forte sinto no peito preciso colocar pra fora
A brisa da noite congela minhas lágrimas
Sob a neblina vejo subir a fumaça, me deixa mais leve
Fico de boa por alguns instantes mas meus neurônios
fervem
A depressão quer me pegar, eu tento escapar
Eu quero sumir, mudar de vida, ir pra bem longe, sei

A tempestade que aqui passou trouxe desespero e dor
O tiro que ecoa sobre a luz carregando todo o seu
rancor
O grito da morte sussurra nas ruas trazendo muita
agonia
Periferia signo sangrento era sempre essa sina
Poxa quanto sofrimento aqui sinto por dentro
A dor da vingança só nos deixou lamento
No peito bate forte uma saudade é inevitável
Inacreditável num piscar de olhos tudo se acaba
Somente num simples ponto final
Surpresas da vida surpreendem cada dia mais
Nesta caminhada antes dos vinte vários ficaram pra
trás
Todos apostaram em seu objetivo, ser bem sucedido na
vida
De 157 até o tráfico, arriscaram o pescoço
Der no que der se eu vou que vou, olhe pra cá sobrou
Por que se assustou? Mas é que um dia cansa o
sofrimento
Um rosto abatido que retrata a vida triste e dura
Por que será que sempre sou eu aqui que tenho culpa?
Vejo o semblante que se reflete no espelho da
incerteza
Muitos aqui tem algo a dizer, mas eles tapam o ouvido
Um nó na garganta me sufoca e no rap eu insisto
Eu mesmo entendo o porque mas até mesmo nas horas
difíceis
Encontro forças pra cantar, rimar nem que seja a dor
Eu poderia estar aqui relatando o amor
Mas eu sou alvo do sistema entende porque que eu sou
assim, morô
Tudo isso me cansa mas a última que morre é a
esperança
Por que que existe tanto descaso, indiferença,
ganância
Meu Deus agradeço por ter me livrado de mais uma
cilada
Por que meu Deus eu não vejo a paz aqui na minha
quebrada?
Muitos querem ver o meu pio é, olha só
A sua inveja é o motivo da minha vitória, eu
necessito
Esclarecer que eu tenho fé por isso eu existo
Dependo de Deus, favor meu pai supremo

Poderoso Deus
Poderoso Deus
Poderoso Deus
Minh?alma anseia por Ti (bis)

Eu tenho fé!





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Nação Favela





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form