Eu e Meu Mundo

Grupo: O Executor (Poetaz Loucoz)
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Verso 01: Neblina

Minha empresa é herança, deixada pelos meus pais
Sempre ostentei, nunca me preocupei com os problemas sociais
Minha infância regada a luxo e viagem ao exterior
Mas nunca percebi que no outro mundo havia muita dor
Morava distante da favela, paisagem bela era o que via da minha janela
Ausência de alimento na panela, achava que isso só existia na novela
Mas um seqüestro abriu meus olhos pro descaso
Vi que enquanto muitos sofrem, outros fazem pouco caso

Refrão: Vivo num casulo, notebook e ar-condicionado
Sou míope pra enxergar injustiças ao meu lado
Plantei o descaso, colhi pescoço na guilhotina
Levar dinheiro pro caixão, essa foi minha sina...

Verso 02: J.M

Foi minha sina, foi minha sina...

Agora do que adianta tudo que juntei?
Pois em caveira não encaixa coroa de rei
Meu pai me pagou colégio particular
Mas lá não ensinaram que amor ao próximo eu teria que dar, yeah!
Me transformaram apenas num individualista
No IML, no vestibular meu nome ta o primeiro da lista
No dia que em primeiro passei, da Terra me mandei
Pois colhi o descaso que eu mesmo plantei
E foi meu fim, foi meu fim...





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

O Executor (Poetaz Loucoz)





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form