Pra Colher Sorriso

Grupo: Ordem Própria
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Ordem Própria
Pra colher sorriso
Negô...é dia de preto que nem é de branco
Falando é monstro não paga de Rambo
Ta vivão e loko não vem tira o mano
Nervoso no baguio to pronto começa o jogo
Não tem pilha vai no tranco, héé corajoso!
Certo, o mano é pouco mas ta ameaçando
Não é bom pouco ouro cê já falo eu te amo
Pode crê tô morto se não tiver disposto
Vamo que vamo no môio ta incomodando
Tem porco e tolo que tá perdendo o sonho
O valor é interno pra tá no topo do globo
Tá mirando porque na bola do olho?
É doido ô loko te deixa até tonto
Vou revolucionando sem tá atirando
Educação, informação que precisa meu povo
Tá osso mas quem disse que precisa de cano?
(Refrão 2x)
Não vou plantar a lágrima pra colher sorriso
O coração da favela que bate por um fio
O resgate do humilde na trilha sonora
Missão de honra pru amor, paz, saúde e glória.
Tava no corre e pá, inimigo roncando
Se chegar na humilde vou chegar amistoso
To roubando a atenção, o trato assinando
Tem letra que fere mais que tiro e soro
Se pagá se num é misturado no môio
Muito amor favela sem o cofre do banco
Direto gozando o bang não é plaino
Reincidente é torto a mira é o corpo
Tenebroso sou estilo contagioso
Aqui é nacional infectuoso pru invejoso
Ta se achando é o tombo é gostoso
Cuidado apitou falou, famoso é calouro
É stéreo não mono porque o jogo é osso
Dublê no tronco, porque eu quero é o trono
Avisa o pronto socorro vai bate no gongo
Tem mão fechada pra chegar forte no rosto.
(Refrão 2x)
Não vou plantar a lágrima pra colher sorriso
O coração da favela que bate por um fio
O resgate do humilde na trilha sonora
Missão de honra pru amor, paz, saúde e glória.
Piloto do comboio que não tá boiando
O flow é o balanço que da brek no corpo
Perigoso pru cordeiro quando é lobo
Prazer sou Escobar num to moscando nem tolo
Fiz barulho enganou aqui é o estrondo
Mili ano no plano tirado de canto
O indiana panguando seu troco tá pronto
Criaram o plano mais não brecaram o mano
Coração é colosso não sepulta o corpo
Vamo regassando explorando o novo
Cabuloso mili ano Deus ta cuidando
A vida tem patrão pode crê é o dono
Periculoso, malicioso, audacioso
Tá bom tá ruim tem um tanto falando
Passando um pano pru que eu to resgatando
Agradeço em louvor não sendo santo nem anjo...
(Refrão 2x)
Não vou plantar a lágrima pra colher sorriso
O coração da favela que bate por um fio
O resgate do humilde na trilha sonora
Missão de honra pru amor, paz, saúde e glória.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Ordem Própria





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form