O Anjo e O Diabo

Grupo: Pavilhão 9
Álbum: Público Alvo
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Estou aqui maluco para esclarecer,
Não sou mais que ninguem, então tente entender;
O meu calibre dispara informação para a mente, otário,
Chega ai, sinta o puro veneno;
Da bancada sujeito mas mantenha o respeito,
Nunca fomos suspeitos, pavilhão no esquema;
Mascarado é você, pois não tente correr,
Ve se fique ciente da palavra demente;
O nosso som te move, te informa, te comove,
Pois aqui tenho direito, zona sul meu território,
Clec, Bum, já era, te atropelo no som,
Você se julga o bom, com o calibre na mão;

[Refrão]
O anjo e o diabo, o diabo é profano,
O anjo é pros mano, meu rap insano;

Vou prosseguindo rap, nervoso que te fere,
Jogo capuz e vejo pra quem é que serve;
E sem disfarçar e nem maquiar,
Inimigo do estado não venha se desculpar;
Aqui é zona de perigo, irmão de sangue saiba disso,
Pavilhão 9, o nosso som aqui agora;

[Refrão]
O anjo e o diabo, o diabo é profano,
O anjo é pros mano, meu rap insano;[4x]

Trato você com respeito, por isso não tem pra ninguém,
O meu vício são rimas e batidas também;
E tudo isso é que vicia, alerta pro sistema que desacredita;
Prossigo como Jack, pedaço por pedaço,
Eu sou a sua febre, tira os murro, clec-clec, socorro,
O Robin Wood do morro falou,
Eu ja te disse, não sou imperador;
E vem você me intimando desse jeito,
somos todos iguais perante o Deus supremo,
Se liga só Hip Hop, Hardcore,
Na informação, na mensagem, na palavra, na base;

[Refrão]
O anjo e o diabo, o diabo é profano,
O anjo é pros mano, meu rap insano;[4x]

Meu rap insano;[3x]





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Pavilhão 9





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form