Na Moral

Grupo: Pentágono
Álbum: Microfonicamente Dizendo
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Let´s go ! Pentagono paz e trégua, o que me resta nessa terra é cantar pro fim da guerra.
E vou, a canção liberta gente cega, no mundão que erra, sangue bom que só se ferra, com ladrão que atira pedra, sai de chinela.
E eu sempre fui, sem saber como se evolui,porque minha mente sempre teve uma parte sangue ruim.
Mas o hip hop livrou nós, amenizou, tranqüilizou, chegou à voz.
Então, neguinho, sei que foi assim, também foi pra mim, mas posso dizer que tamo junto do começo ao fim.
Sei que não foi por nada, que bateu na minha casa, me convocando pra missão pra colar com a N.A.S.A
E tá em casa e na hora de mudar essa porra, quando rap invadir sua goma, fique di boa e não corra.
Mas cuidado moleque, com quem te envolve no rap. Aí, Massao,tem muito pé de breque no movimento black.
sei pra que isso...
Mas nem por isso deixarei de exercer o oficio, difícil é mas prefiro ainda correr o risco
E pra chegar aqui não percorri sozinho, independente do estilo, tamo no mesmo caminho
Sei que vai me mudar, sei que vai te mudar, sei que vai libertar, sei que vai.
Mesmo com o tanto de guerra, nesta vastidão de terra, mesmo que o povo erra, eu sei.
Não foi por nada que hip-hop apareceu na minha casa e me falou que vai chegar na sua casa, que é pra deixar o clima namoral...
Todo mundo tranqüilo! Namoral... Independente do estilo! Namoral... É só parar pra pensar!
Não foi por nada que hip-hop apareceu na minha casa e me falou que vai chegar na sua casa, que é pra deixar o clima namoral...
E sem tristeza e sem magoa! Namoral... Ninguém de cara virada! Namoral... É só tentar enxergar!
E o que se enxerga...É que a desenvoltura é lenta, mas tamo na meta certa
Quem não se liberta...Continua na merda e o desespero é que aperta.
E afeta, mas só o hip-hop me completa,é certa, pois a idéia aqui concreta.
E liberta sem se tornar complexa, vai chegar, mas eu tô com pressa.
Por isso eu vou, que vou colar com os manos, porque eu já tô que tô envolvido até o talo.
Hip-hop me chamou e eu sei que não vim de embalo.
Veja bem, mais além, de que a você convém, diante quem nem sempre adianta alguém.
Lembre: O rap tem uma historia defendida por quem trilha sua trajetória.
Essa é a hora, quer saber o quanto valho? Onde assino? Qual de nos será falho?
Quero ver até onde vai seu amor, ou seja lá o que for mantenha como se mostrou.
Seja o que é, fique de pé, tenha fé djow, pro que dé seja franco onde for.
Merecedor do movimento que nos avisou, que existe vários manos firmeza e outros não.
Mas eu to na moral, na moral, fazendo a minha e tal, pé de breck to legal,
Falador que passa mal. Eu não, pelo contrario to firmão, trombando vários no pião.
Só na curtição, ão, pique largadão, ão, de chinelão fazendo um som de coração.
Microfonicamente dizendo,representa o veneno, vai vendo o que eu tô vendo e juntos nós perceberemos:
O que vai mudar em nós,quando a rima e a consciência não andarem mais à sos.
Se tornando uma só voz, de resistência e entretenimento para vós.
Enquanto o hip-hop me fascina, enquanto não tem preço a minha rima.
Não será minha, não será minha, não será sua, não será de ninguém, será da música.
Cheia: De timbres e entonações. Eu disse cheia: De versos e refrões.
Quando o hip hop chegou...
Falou pra mim pra, fala pra ti. Já achar em si a força que existe.
Pra mudar o clima do ambiente, pra paz não ficar muito ausente.
Porque eu to cansado, eu to cansado ,muito cansado e nem precisa viver.
É só de vê tu já senti na pele, as treta e o clima que rola que os louco prefere.
Então não considere o ato no hip hop, os elementos são quatro, então don´t stop.
Independente da roupa que eu visto e que tu vistas, independente da rima que eu rimo e que tu rimas.
Então mão pra cima e sem cara de mal, que é pra mudar o clima e deixar na moral.
Sei que vai me mudar, sei que vai te mudar, sei que vai libertar, sei que vai.
Mesmo com o tanto de guerra, nesta vastidão de terra, mesmo que o povo erra, eu sei.
Não foi por nada que hip-hop apareceu na minha casa e me falou que vai chegar na sua casa, que é pra deixar o clima namoral...
Todo mundo tranqüilo! Namoal... Independente do estilo! Namoral... É só parar pra pensar!
Não foi por nada que hip-hop apareceu na minha casa e me falou que vai chegar na sua casa, que é pra deixar o clima namoral...
E sem tristeza e sem magoa! Namoral... Ninguém de cara virada! Namoral... É só tentar enxergar!
Sei que vai me mudar, sei que vai te mudar, sei que vai libertar, sei que vai.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Pentágono





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form