No Final do Arco Iris

Grupo: Realidade Cruel
Álbum: Dos Barracos de Madeirite... Aos Palácios de Platina
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Realidade Cruel e Tate Eclesiastes - No final do arco iris
A vida passa em qüestão de segundos...É tudo imprevisível eu sei o mundo Passa em questão de segundos por nóis firma o semblante sofredor escuta a voz olha pra frente ,olha pra trás"Diz pra mim se não atrai?"Desfilar de MITSUBISHI, voar de 500 no gáz Quantas mães não choraram debruçaram em cima De caixões,em cemitérios , velórios da vida E as nossas ruas tingidas com sangue humano Por incrível que pareça hoje já não causa espanto" Orar pra quê ,chorar por quem? se carrega nas PT enquanto JESUS não vem, Háá ,cê tá locão nos bonde ou perdeu Juízo no bolso as ROLLIN POINT no peito o cruscifixo" Até parece que cê não é o mesmo que andava Com as escrituras sagradas e que pregava De porta em porta ,bar em bar batendo palma Sempre no intuíto de salva ,resgatar as almas O mundo é feróz ,os valente não se entrega Palavras que escutei da coroa quando entrei na guerra E só por Deus que não tive morte trágica Na mira de uma Ponto 40 da FORÇA TÁTICA Fui ,astuto ,sábio por não ter aceitado As inúmeras atentações ,dinheiro fácil E o sol vai caindo outra vez no horizonte E a lua logo vem refletindo sobre os montes De prédios favelas da capital paulista Enquanto o cú de terno se eréta na piscina Com a puta do escritório e gelo no GOLD LABELO filho entra em óbito num FLAT em pinheiros Moscão! de overdose por DÓLLAR e cartão de crédito A mamãe de ROLLS ROYCE gastando na márcia MELLO Não viu a final da copa da UEFA Da copa do mundo ,o BRASIL rumo ao HÉXA E aqui vários muleque vão crescendo revirando o lixo Vários muleke vão crescendo aprendendo dar tiro Passa tempo periférico auto-sustento Ensinamento enciclopédico, aulas de direito Não faz conhecedor da nossa própria causa, Alguém no inferno essas hora bate palma Do seguro estuprador decepado no motin Porco mentecápto filho de CAÍN Só pra não sonhar nem se quer com o futuro Hãmm, pra fazer de você vagabundo No IML apenas mais um defunto A vida passa em qüestão de segundos.
[Refrão 2x]
Enquanto tiver sangue escorrendo nos pote de ouro No final do arco iris vai ter corpo, Carbonizado, dentro do porta-malas, O rei dos céus chora chuva em forma de lágrimas. Ei,ei,ei,ei...Eu vi por um minuto o céu azul firmão na picadilha Vivão na fé derrotando os GOLÍAS A cartilha da vida ensina irmão na humilde Caminhei entre leões e serpentes primo é o seguinte Sobrevivi á cólera do opressor Eu vim pela dor pra consagrar o AMOR Ei sofredor quantos irmão pereceu JUDÃO na intenção por cifrão corrompeu Vixi o tempo escureceu ,veio o dilúvio
A tempestade, o inimigo é mesmo astuto Arrastou pro deserto quem correu pelo certo Tentou quantos por dinheiro, fama e sucesso Enquanto no mundão quantos por uma palavra anseia Viver as bênçãos a cada SANTA CEIA Contemplar o sorriso do filho no colo E o milagre da absolvição diante o JÚRI no FÓRUM Cê era monstro pro mundão ,tensão e luxúria Mas pro SENHOR ex-ladrão, nova criatura Lavado e remido com sangue imaculado Batizado como SAULO nos caminho pra DAMASCO O calvário a tentação num psico que toda CINDERELA sonha em ter um PRINCÍPE rico Só por Deus não vejo AMOR só ódio nos pente lotado Sem trégua maldade no rosto encapusçado SÃO PAULO, babilônia selva de pedra Ganância cega que arrasta por 30 moedas Conheço a dor convivo com a saudade e sei Qual o valor e o preço da liberdade Vaidade,tudo no mundo é vaidade Dizem que ninguém é o dono da verdade Mas eu conheci à CRISTO e minha vida mudou O que era vergonha pru mundo o SENHOR honrou Consagrou deixou o trigo e o jôio pela fé...pela fé Quantos nóia no pé do morro qual é o môio..?Irmão te mostro a salvação Encontro vários joelhos dobrados pra mamon Eu vi céu abrir descobri nova vida enfim Renasci da maldade DAIZA, TATÃO velho oeste CARAPICUÍBA né tio ?...Cê sabe é sem massagem, SÃO PAULO, BRASIL.
[Refrão 3x]
Enquanto tiver sangue escorrendo nos pote de ouro No final do arco iris vai ter corpo, Carbonizado, dentro do porta-malas, O rei dos céus chora chuva em forma de lágrimas.



------------------------------------------------
Letra enviada por Guilherme Fernandes





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Realidade Cruel





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form