A Nova Musica Popular Brasileira

Grupo: Relato Consciente
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Cangaceiro desde menino, a minha rima o meu sangue é nordestino, criado e educado por Dona Elizabeth, da barriga da mãe pro palco cantando RAP, negro e nordestino forte por herança a seca no nordeste não me fez perder a esperança, mas o importante aqui não é a minha história, o ponto G dessa letra é denunciar a escória, que nos tiram a escola, deixam sem trajetória, incentivam os nossos jovens roubar e cheirar cola, prejudicam o presente pensando no futuro, é mais fácil se eleger se o eleitor for mais burro, vivendo nos entulhos, futuro muito escuro, é só rezar pra Deus, e pelejar pra esses putos, é só chegar mas junto, se liga no assunto, preenchem o nosso tempo com trabalho e sem estudo, só relato o que vejo e não é o meu desejo, a nova música popular incomoda eu já percebo, na favela la no beco, o negrinho desde o berço, a música de nina das crianças do meu gueto.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Sou do rap e canto o meu nordeste, enquanto o sol aquece o sofrimento fortalece, meu povo não esquece, sabe que não merece, mas por enquanto padrinho Cícero vai ouvindo as nossas preces, sigo rezando mas não me descuidando, a rima afiando enquanto o tempo vai passando, me reinventando criando e recriando, só não to mais feliz porque o nordeste ta secando, prossigo incentivando, meu povo aliciando, em seção o dia todo enquanto eu vou bolando o plano, secam a nossa terra, secam a nossa bica, só não seca a minha rima, minha coragem e alta estima,
não existe desistir no meu vocabulário, parar nem pensar não tem no meu dicionário, aponto as minhas rimas vendo o povo no plenário, atiro a toda hora pois meu rap é estatutário, desta nação, do nordeste do operário, quem deve ta nervoso, e não dorme sossegado, verso teleguiado atrás de deputado, com tanta covardia continuo orrizado.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Brava Roma de bravos guerreiros, sou de Pernambuco da terra dos coqueiros, lutando pelo um povo que não cansam de açoitar, cantando, denunciando pois não dá mas pra agüentar, tentando incentivar, a sempre lutar, e acreditar na terra mais extinta, na fé de arrancar algum roçado dessas cinzas,tragédia anunciada meu povo nas calçadas, até quando vão pensar que a fome é uma piada, te coloco no congresso, e não sei o que é progresso, trabalho a vida todo e que eu vejo só regresso, o PT briga com os outros e povo no sufoco, que saudade de lampião, do olho por olho, suor e muito esforço vão garantindo a nossa vida, principal fonte renda das metrópoles nordestinas, da corrupção a vitima inofensiva, R.A.P a justiça reivindica, ninguém rouba pra mim, ninguém rouba pro povo, assassinando minhas crianças enquanto vaz enchendo o bolso, ações irresponsáveis fazendo da vida um brinquedo, mas o RAP finaliza o fim do recreio.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.
Sou do rap sou do rap do nordeste, canto rap canto rap do nordeste, A Nova música popular brasileira, popular popular brasileira.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Relato Consciente





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form