Todos São Manos

Grupo: RZO
Álbum: Todos são Manos
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Todos são manos
(RZO)
- E, aí, Marquinho!
- E, aí, Sandrão e o Rap? - O Rap tá aí, mano. Tamo fazendo essacorreria aí direto, é o seguinte, favela não pode parar mesmo,morô.
- É, Sandrão, mas nesse movimento tem uma parte criaca também, ómano.
- Mas é o seguinte, ó mano, o número de sangue bom que tem, é oseguinte, supera tudo esses mano aí, é por isso que nós não tamonem aí com porra nenhuma, morô.
- E aí? Tem um rap novo lá, mano?
- Orra, Marquinho, se liga aí.
- Orra, Sandrão, aí esse é loco, hem mano.
Se o bicho pega, o bom maluco breca, vai se sai no pé, eu vou darum pega no beck, vou fumar um beck, vai fumar um beck, vai fumarum beck.
"Pode crer, cada um cada um, morô".
1, 2, 3, 4, RZO no ato, discípulos do rap nacional, totalmenteentrando em sua mente, um raciocínio quente, que está bem àfrente, sistema é a doença e a informação é a cura, mostre que ésanguem bom, beleza pura, televisão não pega mais não, aqui sóvira periferia noite e dia, jamais acreditei que pudesse serachado furado de metralhadora, pois minha professora nunca dissee disse que eu seria um alguém, um cidadão também, no sistemamais um Zé Ninguém, se ser feliz é assim mano, eu nem tô à fim,eu quero é mais ver a fumaça subir, pode crer, aí, que todos sãohumanos, todos são manos. Sei que todos são humanos. Nunca vaipassar batido, isso é idéia forte vai ter que trocar no 15, manoVandão, até o Luizinho numa "Big", Satifação, Morro da Pinga,Perus, Favela do Russo, Vila Malvina, considerados estão noburaco do sapo, Favela da Combustão, eu vou, Líbano, VilaMangalot, quebradas que não se esquece, aperta, acende, passa abola, morô mano, curte rap, no Butantã eu considero Rio Pequeno,Jaguara é mil e dez Favela da São Remo, "vai vendo", à todos osda baixada de Santos, Praia Grande, Oceano, Cubatão, São Vicenteeu mando. Melhor é o dia de amanhã, a quebrada da Gleba, México,Setenta, Favela do Vietnã, liga Uberaba, Piracicaba ao Interior,Campinas, Ribeirão Preto.
Refrão: Todos são manos, sei que todos são humanos. "Como vive amaioria" (Bis 2x)
É aqui está, tipo RZO, vário malucos só, pra nós bem melhor.
Ontem a noite eu encontrei, considerei, manos da banca, MorroGrande, Brasilândia.
Os manos de Osasco eu considero, espero que com eles tudo bem,espero sim que Deus esteja por ali, Barueri, Jd. Silveira,Maderi, xiii, ri pra não chorar:
Itaquera, Carapicuiba não paga comédia.
Ô se vai rolar eu só quero dar um, sem miséria os manos da ZonaSul, ainda considerando os manos, Capão Redondo e tal, tambémmando uma alô pro meu mano Brown, que disse pra não me esquecer epá, Cohab Adventista, hei lugar...
Refrão (Bis 2x)
Veja bem só piolho ligado no esquema, no ABC, São Bernardo,Diadema, curte rap, a casa agradece, periferia cresce, 4 Pprevalece, sei, você sabe, difícil é viver, zona leste, SãoMatheus, tem que ter proceder, veja ali a banca, ConsciênciaHumana fica a pampa, os manos são de confiança, tô ligado,Ermelino Matarazzo, São Miguel eu falo, Itaquá já curtiu oembalo, na época do Rally, Maraton, demorou, no frio damadrugada, moleton e o som, cola da hora lá em Franco da Rocha,Pq. Ipê, Vitória, é foda, é só maluco de atitude a sigla, eu vejoali a negritude muito acima.
Refrão (Bis 2x)
Eu vou ligar, os manos do Canta Galo eu vou chamar, vários manosda Mirante e do Jaraguá e do Panamericano, do Paquetá, são váriosmanos: - Chama o Marquinho, chama o Dênis, o Pertik e o Jamil,vamos descendo pela Vila da Pedrinha, melhor ainda, bom negócio éo Robson, vamos logo, sangue bom é o nosso sócio, nessas alturasnossa banca é uma gang, Satélite, Vila Mira e Favela do Mangue,pego o busão, eu, Deus e os manos, pro Morumbi ver o jogo doSantos, não faltarás o rádio, não pode, Thaíde, Racionais,Sistema Negro, GOG, nesse momento traz a fita o guru, De MenosCrime, PosseMente Zulu.
Refrão (Bis 8x)





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

RZO





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form