Dama Tereza

Grupo: Sabotage
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Aquela dama que ostentava a fama do meu coração, por ser dona
Fracassaram os que ousaram tentar
Já mais sonhos que soubem lutar
É, Mestre Marçal, Pixinguinha, só quem é
Dona Ivone Lara, há há, chega mais
Agora é eu, Sabotage
Do samba ao rap, ao reggae
Representa o Brooklyn
A fúria aqui só ressuscita
Ao ver alguém ter chabi
Tipo Ariri no miudinho
Oxazie, faço assim
Mauricio vem no cavaquin
Quem duvidou chega aí
Demorou, curte aí
De Pirituba ao Mangui
Da Conde ao Moraes
Jardim Peri, Itapevi
Jardim Repu, Jacqueli
Baiana, diz assim
Soube entrar e sair
Respeitei, soube agir
Não tirei, zé povim
Quis por fim
Ao estopim
Perdoei
Fiz a mim
Que é de lei por aqui, mas só quem é foi ouvir
Olha lá, o que fiz
Promessa fiz pra Vivi
REFRÃO: Pra onde vou, fui e vim (4x)
Foi tipo assim, há há
Poxa, Vivi, quando te conheci
Foi tipo assim, no Boulevard
Um dia à tarde ali
Pressenti, Anani
Atiçou, fui feliz
Prometi
Honrei meu nome, segui
Sem o pó, só verdim
Sou maló, sou assim
Brooklyn Sul, sou Maurim
Liga o Jão, pro Vini
Quem é de lei não se exibe
Di Araqui é o time
No grito
O ric ric
O ratatá
Pra dá pipoco, liga o louco
Sou do samba
O louco
Do tic, butiquim
Madame vi que dá xilique
Cerveja
Whisky
Se pá, Mitsubishi
Os vermes agem assim
Pensando sim
Quem manda aqui
Sempre que cantou pra subir, pode crer
Que eu já vi
Que Oxóssi Ogum
Cabe a mim me comparar
Com Luther King
Desde que conheci
A Selminha
A Tina
A Vivi
A Yorana
A Leni
O Beto
A Deby
O Chiquim
O Rodrigo
A Pati
A Roli
Que nos trouxe
Os conquisti
de Hemp
do verdim
só pra firma
comi
João bateu puta bri
Comentei com Junim
Que ligou o gordim
Que tava com Davi
Ouvindo só rari, Tom Jobim
É nóis na fi, é sempre assim
Samba aqui
Sombrinha Zeca Pagodinho
mas é de lei se perdi
recitei
cola aí
com o Nhenhéu
o que é
com o Cabru
com Rubim
representando a fami
sou do Samba raiz
vou que vou
penso assim
Hip-Hop é meu hino
onde vou
tá comi
olha lá
é assim
REFRÃO: Pra onde vou, fui e vim (4x)
Fui e vim,
É de lei
sou assim
vou que vou
vou seguir
de Osasco
a Coti
BH
Tocantins
Circular
a Mogi
violência revi
Geladrão Cabeti
se a vivência
não vi
qué o bi
Freund ti
coisa má
nos uni
cria fi
desejo
Pati
pois aqui
não tem fim
salabim
limpa até
é o fim
Camuedi é tipo assim
é 1 2 pra subi
pra cai
desisti
de ficar
no país
pois aqui
vou que vou
demorou
pés descalço lá vou
vejo pó vejo dor
é a dor
mundo fel
tá cruel
Deus do céu
tô feli
Rap sei
que é compromi
mas sem meu Samba é o fim
vou que vou
mandando um salve
para o morro
tipo louco
sofre
o sufoco
andando do meu povo
vou que vou
Eu vou chegar no Samba agora ha ha
Eu peço a toda essa senhora
vamô embora quanto tempo faz
é favela ...
vamô que vamô
o Samba no morro malandro
essa é a dama que ostenta a fama ladrão
do meu coração
a Dama que ostenta
só cria problema
todo bom malandro vira otário
quando ama morô meu
e todo bom malandro tem
uma Tereza também
Sabotage, samba da melhor qualidade





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Sabotage





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form