Ladrão Di Sorrizo

Grupo: Scorpion
Álbum: Ladrão di Sorrizo
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Meu sorriso é estimulo pro seu ódio
Corrosivo natural Humano é negócio
O que não provoca minha morte Faz com que eu Fique mais ForTe
Deus ajuda é verdade, vai na Fé não na Sorte...

Da licença aqui, não tem boy pra Mister M
Espetáculo na favela quem não deve não teme
A tático breco ficou na contenção
Assassino de emoção, marionete de plantão.
De Golf no pião ?só ficou pá patrão??
Aqui não, a lei quem faz é noiz irmão
Itinerário, zona sul de quebrada ouvindo Funk
James Brown contagiando nos falante.
É noiz, que chega atacando o zé povinho
De aro 19 lacrado no G5
PobreLoko destacada de cor Branca no Fumê
Jd. Laura, S.P, amo você.
Milidias convivendo na mesma sintonia
Respeito na postura eu guardo com a vida
Fiz escolhas que nem todas foram boas pra mim
Muitas vezes menti, na tristeza fingi sorrir.
Quem responde pelos seus atos é você mesmo
Vive no erro o que se faz aqui se paga o preço
Então ladrão o raciocínio é lógico
O crime só compensa pros gravata do plenário.
Aqui, é logo 10 anos de ponta a ponta
Minha mãe no inferno com o jumbo da semana
Na favela para muitos o futuro é submisso
Por isso que o Scorpion é Ladrão di Sorrizo.
Refrão
A mente é blindada sem meio termo nas palavras
Censura noiz ai pra vê se o chicote estrala
No corre de um qual quer quem é sábio não teme
Diz você quantos qué ti vê no bote da serpente.
Pega a senha, testa a febre, é noiz então, pau no gato
Estica o chiclete, hum, pilantra é mato
Estilo talibã que o tempo não alterou
Essência pro bandido ta em choque doutor.
É só cola do lado que se vara o cruzamento
Chega em casa já relata todo meu comportamento
Aumenta pá caraio pá sai como herói
Mas no outro dia já é motivo pá te medo de noiz.
A dúvida é o principio da sabedoria
Pá mim é questão de honra caminha nessa trilha
O sofrimento de vários não é mitologia
Só quem sente sabe sem paga de hipocrisia.
Pode vir o que for diluvio, mar de sangue
O príncipe loko do gueto não se corrompe
Psico no instinto pra lá de Bagdá
Nem se ilude bom, não é noiz que ta.
Coração é terra que só o criador conhece
Pros verdadeiro como noiz sempre fortalece
Sou grato eternamente pela confiança
A fallange, Alvos da lei, o cartel Gangsta.
Refrão





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Scorpion





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form