Eita Mundão

Grupo: Shekinah Rap
Álbum: Mais Que Poesia
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Mundo louco traiçoeiro
Maior desespero
Todo mundo se matando
É por causa do dinheiro
Mas eu to a pampa
E nessa eu não caio
Sou vacinado
Tipo assim, equilibrado
Eu vejo o mundo
A cada dia se afundar
Mas na hora ?H? desse barco eu vou pular
Eu não sou daqui
E to só na caminhada
De passaporte carimbado pra Terra Sagrada
Vou na fé
Caminhado pela rua
Mas a cena que eu vejo
Pra mim é uma tortura
Uma criança, carregando outra criança
Novo modelo de boneca que respira e anda
Que chora e tem fome
Vai crescer sem ter em casa a imagem de um homem
Um pai, que ainda é um pivete, que curte um Rap, que fuma um beck
A rua, em mim dá até medo
Muitas almas perdidas, tipo, no desespero
Uns matam por dinheiro, outros pra acender o isqueiro
Maluco só no puteiro apodrecendo o dia inteiro
Mas graças à Deus lá na frente eu vejo a luz
No muro está escrito o nome Jesus
É uma igreja, do tipo Pentecostal
A luz no meio do inferno, afastando o mal
Eita mundão, louco até umas horas
Dispensa o tesouro pra ficar com esmola
Deus de um lado oferecendo a Glória
A escolha é toda sua, a hora é agora
Eita mundão, louco até umas horas
Dispensa o tesouro pra ficar com esmola
Deus de um lado oferecendo a Glória
A escolha é toda sua, a hora é agora
Vejo o maluco só o pó
Magro, esquelético, feio, barbudo, de bermuda e chinelo
Escravo, do álcool e da pedra
Problema de periferia, coisa de favela
Madruga na quebrada vigiando os ?quintal?
Louco pra fazer um botijão, um varal
Tinha família, esposa e uma filha linda
Perdeu o emprego, jogou fora a vida
Não muito diferente do que rola na elite
A playboyzada pra cheirar vem no apetite
Dispensa a família, os bens e o dinheiro
Pra socar o nariz no pó o dia inteiro
Pra não desesperar, entro dentro de casa
Ligo a TV pra ver se o terror passa
Espirrou sangue no sofá
É seis da tarde, tem noticiário
E ?clá!?, explodiu mais uma bomba em algum metrô
De um país que diz lutar contra o terror
Mas o terror está guardado e protegido
Disfarçado na hipocrisia no meio do lixo
Mudo de canal, graças à Deus salvação
Vejo o pastor pregando no programa cheio de unção
No meio do lixo que a TV oferece
Alguém abriu a Bíblia e a luz resplandece
Eita mundão, louco até umas horas
Dispensa o tesouro pra ficar com esmola
Deus de um lado oferecendo a Glória
A escolha é toda sua, a hora é agora
Eita mundão, louco até umas horas
Dispensa o tesouro pra ficar com esmola
Deus de um lado oferecendo a Glória
A escolha é toda sua, a hora é agora
O que aconteceu no passado, pode se repetir
Pior que Sodoma e Gomorra tá isso daqui
Pervesidade do homem nunca se farta
E vice e versa
Assim o mal se alastra que nem praga
Vírus, que uma ?pá? infecta
Penetra até a alma e a mente dilacera
De Caim à aqui você vê que o mal prospera
Pai mata filho e vai rumo a cratera
Uns doidos que entopem o nariz
O Diabo vê e quer bis
E na neblina os vende que deixa o bar feliz
As noites, cada vez mais sinistras
Tem vagabundos, prostitutas e nós na mira
Gente com intenção ruim no mundo é ?mato?
Maluco tira sua vida pra acender um baseado
Pedreiro na paranóia invade casa
Mantém alguém de refém com uma faca
Meu Deus, um homem espanca o outro até matar na treta de um bar com um taco de bilhar
Reagiu ao assalto levou um tiro no rosto
Fim, pro pai de família que trampava no posto
Adolescente, suicidou-se com tiro
Não se conformou ao saber que era portador do vírus
Torre de Babel, verdadeira loucura
Pro homem não existe remédio
Mas pro homem Jesus é a cura
Eita mundão, louco até umas horas...





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Shekinah Rap





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form