Cada Um Por Si

Grupo: Sistema Negro
Álbum: Na Febre
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Sistema Negro - Cada Um Por Si

Família pobre dignidade tem de sobra apesar de analfabetos esse
assunto não os incomoda a mãe cuida da casa se empenha o mais
que pode só problemas dificuldades a cabeça quase explode assim
sempre vive comanda o figurino sem imaginar com a sua sina o seu
destino quem ganha pouco faz milagre só se fode enquanto o pai
trabalha o irmão mais velho deita então pode ele não herdou o
velho em matéria de trabalho se viciou em cocaína conhece uma
mina, com ela teve um pivete para a alegria do pai pois sempre quis
ter um moleque o menor da casa se liga em televisão conhece bem
os horários diários da programação 6 horas da tarde a mãe escuta
um barulho então vem sentindo algo, ela escuta abrir o portão
dois homens mal encarados calibres pesados dispostos a tudo e o
resultado a mãe ferida não entendia nada enquanto os dois
elementos fugiam em disparada o seu filho tinha entrado numa
treta errada conheceu pessoas mas que conquistavam o seu espaço
a bala e começou a perceber o esquema da vila malandro Que é
malandro na área não vacila.

Aqui meu irmão é cada um por se mesmo se sei não sei se sei digo
não vi 4x.

Desta vez o mano escapou por pouco foram 15 tiros de pt destino
meio do coco a mãe não entendia o porque da situação meu filho
não então tiro a conclusão os fatos foram dados como esquecidos
fudidos estavam, estavam, estavam fudidos a coleta do dinheiro
se tornou uma pernitência cada vez exige mais viaja pra ciência
móveis começaram a ser vendidos e o filho cada vez mais acuado
em todos os sentidos surgiu então um problema os móveis estavam
acabando o que fazer estava armado um esquema se sentindo
ameaçado ele chegou a uma conclusão, a parada é comigo não é não
minha família não tem nada a ver com isso, não, não, segurando um
terço no olhar a lágrima e o olhar fixo filho não vá não quero
perder você, se você for eles irão te matar ele diz a mãe se tem
que ser agora, agora será abre a porta desarmado sem saber o que
esperar atravessa dois no cruzamento perto da favela ninguém
entende nada essa é a lei ninguém pretende ser o próximo falei
mataram aquele mano bem na frente da sua mãe no Matagal coisa e
tal o corpo se decompõe pergunto pra quem reza se lamenta talvez
seja o motivo sabe o cara pra sobreviver.

Aqui meu irmão é cada um por se, mesmo se sei não sei se sei
digo não vi 4x.

Quem era o cara responsável pela morte ocorrida descarregou sua
pt na hora jogou em cima o cara teve o tempo de pensar segundo
uma testemunha que não quis se identificar caiu já morto para o
desespero da sua mãe que não quer vingança mas no braço o filho
a coisa mais importante da sua vida entro no caminho errado
não teve alternativa piso na bola bum morre esta é a lei quem
será o próximo eu você não sei

Aqui meu irmão é cada um por se, mesmo se sei não sei se sei
digo não vi 4x.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Sistema Negro





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form