Poeticamente a Vida

Grupo: Slim Rimografia
Álbum: Slim
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Poeticamente a vida...
As vezes paro e penso um pouco na vida
Na minha vida as vezes paro e penso
Tudo que passei tudo que sonhei tudo que busquei
Tudo aquilo que um dia graças a Deus eu alcancei obrigado
senhor
Viver é foda continuar vivo é foda
Se sentir vivo é foda neste País capitalista é foda
Não ter dinheiro e de nada ser herdeiro
Mais é a gente que herda a merda da dor do sofrimento daqueles
que vieram primeiro no mundo
Meus ancestrais e antepassados
Que como animais foram surrados e forçados a viver como escravos
E serviçais de quem tem o poder
E quer fazer de nos marginais nos quais vivemos cada vez mais
longe da paz
Entao pensa essa e a reconpensa
Viver entre a violência e não passar da adolescência
Não não não nem pensar quero viver quero sonhar
Quero ter familia filhos e netos e pessoas que posso amar
Estar do meu lado nos momentos que mais preciso
Mais valioso que dinheiro é o amor e conforto de um ombro
amigo
Vida, que por nos passara
Tempo, se não aproveitado nunca mais voltara
Amor, hoje confundido com bens materias
Dinheiro faz das pessoas assassinos, celebridades, estrelas ou
marginais
Sentimento ninguém pode explicar
Sabe sorrir e saber chorar, na hora que precisar
Sei que é dificíl assumir quando erramos no mundo que estamos
Pois aqui e mais facíl dizer eu vou te matar do que eu , do que
eu te amo vida....
E o resultado de uma vida mau vivida
É amargura que traz no peito como uma ferida
Que não sicatriza que não dói mais que não se fecha
Mais que corrói e destrói o coração daquele que a carrega
consigo
As vezes penso comigo do que me valeria ?
Nada! Ter grandes quantias se não tivesse a verdadeira alegria
que preciso
Ou a euforia que necessito
A poesia de um falido ou a esquezofrenia de um esquecido
abandonado e banido
Que agonia assim eu penso
Imenso é o universo estenso e complexo que a maioria
Vai morrer sem nunca telo visto de perto
So conhecia pela tv que faz de tudo para telo todos os dias
Na sua frente mais não como um ser pensante
Anestesiando sua dor na dor daquele que sofre mais que voçê
E todo instante ofegante se depara
E se cala quando vê que sua vida nada vale
Pois quem começa a guerra não vai para o campo de combate
Fica apenas em debates e não convoca nenhum de seus familiares
Mesmo assim milhares de crianças ficam orfãos
Mulheres viúvas perdem parentes e entes nesta merda desta
maldita luta armada
Que não vale nada e eu não sou louco
Eu ergo minha bandeira mais não vou morrer pela pátria dos
outros
Para ser morto e enterrado como herói
Ter cortejo mais o que percebo é que vidas são jogadas a esmo
Herói pra mim não é quem salva a vida alheia
Herói sim é aquele que salva sua própria vida das armadilhas que
o rodeia
Um dia pensei que poderia mudar o mundo e não podia me
decepcionei
O mundo pensou que poderia me mudar e não podia e se decepcionou
eu sei
Que minha vida não tem valor comercial
Sou só um numero de RG de CIC e de carteira profissional
Vida, no que se resume a vida?
O que é a vida? o que querem da minha vida? o que faço da minha
vida ?
Vivo! cada minuto como se não fosse viver mais
Nossos idolos ainda são os mesmos e as aparência não enganam
Como nossos pais, assim cantou Elis
Facíl é estar vivo, dificil é viver e ser feliz, bem que se
quis..... vida!!!





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Slim Rimografia





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form