O Inferno é Aqui

Grupo: Snyper
Álbum: As Lágrimas Fortalecem
Não há video para essa música



Você já quase me derrotou várias vezes nesta vida
Já cicatrizaram enormes feridas
Uma luta intensa na consciência, mas agi com inteligência
Até mesmo naqueles dias de emergência

Você maioral, acima de todos súditos
Não acreditou quando me viu ajoelhado ao púlpito
Não esperava que minhas raízes fossem suficientes
Pra agüentar a segurar os elos da corrente
Pra não cair, não se iludir, só sofrer

A força que vem de dentro não me deixa morrer
Era mês de Agosto e você não queria que eu nascesse
Agonia pra mim, minha mãe que queria que eu crescesse
Foi assim que vim a este mundo
Não lutei à toa, pra ser apenas mais um vagabundo

Meu sangue tem muito valor pra ser derramado na guia
O ódio me faz sentir vontade de te trombar cara a cara um dia
Eu nem havia nascido e você já queria me levar

Mas tinha alguém maior que me trouxe pra gladiar
A pobreza não foi suficiente pra me fazer desistir
Mas confesso que a morte do meu irmão me fez sentir

Eu tinha apenas 9 chuvas de idade
E você já me aplicava este ato covarde
Confusão na minha mente, me senti atordoado
Foi aí que começou a se formar mas um soldado

Sabia que você existia, não acreditava que ali estaria
Manipulando cruelmente como naquele dia
Mais um irmão? Não bastasse o Samuel agora o Salomão?
aí não...a revolta tomou conta então

Mas você pensou que isto ia me matar
Acertou, só que agora eu estou a te procurar
Sei que muitos ao verem seus poderes morrem de medo
Enquanto eu sonho em passar pelo inferno só pra te sentar o dedo
A revolta toma conta de mim enfim

Sei que o que você queria era vem meu fim
Me tirou 16 anos de sentimento, as lágrimas só caíam por dentro
Perdoar? Não dá...foi muito sofrimento...lamento
Mas mantive o foco seu vacilão
Quantas e quantas vezes você me quis vestir de ladrão
Se fudeu, não fiz parte do seu jogo, dito cujo,
Não faço parte do seu baralho sujo

A dificuldade que você me faz passar já não me apavora
Pego suas manipulações e jogo fora
Confesso que dos meus inimigos você é o maior
Me deu outro Agosto ainda pior

Levou meu filho, minha cria que eu tanto queria
Pra aliviar a dor que você me fez passar vários dias
Golpe baixo, sujo, covarde,que até hoje arde
O maior de todos os golpes que você já me deu

Me fez até duvidar da existência de Deus
Mas aí...enterrei um caixão branco como Homem
Um homem que a dor e a revolta consome
Mas sei porque me persegue seu filho da puta

Porque sabe que jamais vai ganhar esta luta
Decepções, tentações, foram várias situações,
O que você não sabia é que estas provações
Me transformariam em o maior dos leões

Pega todos seus soldadinhos de brinquedo
O Homem aqui não tem medo, vou te contar um segredo
Antes de partir, vou passar aí, e derrubar sua torre de Babel
E vai sentir o quanto é amargo o fel





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Snyper





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form