Lutar Pra Vencer

Grupo: Terceira Safra
Álbum: CD Promo
Ouça o som:   tocar tocar tocar



[MALTRAPILHO]
Já passei tanto sufoco, pensei em desistir
Se hoje eu to vivo é que algo está por vim
Seja bom ou seja ruim eu vou resolver
Analisando bem a minha meta é vencer
Cansei de me assustar vendo briga dos meus pais
Rezava todo dia imaginando o que era paz
O desespero me abraçava ao decorrer dos dias
Minha mãe só trabalhava, a geladeira era vazia
Não entendia mas fazia o que ela falava
Mesmo não concordando o que passava na minha casa
A bebida e o meu pai eram o nosso pesadelo
Quem devia me amar já senti muito medo
Com o travesseiro abraçado não tinha nem reação
Chova agoniado após cada humilhação
Questionava à Deus o pq. De tudo aquilo
Na real, era cobrado e nem sabia o motivo
Tempo difícil, mas não fui pro outro lado
Exemplo bom eu tive e por isso to criado
Na escola lembro as veiz que fui motivo de piada
Por ter o tênis furado e a calça desbotada
O sentimento que eu carrego é que me faz entender
Que na minha próxima família isso não venha ocorrer
Uns vão dizer que o Maltrapilho é um neguinho revoltado
Mas ninguém veio me dar o que faltava no meu prato

[REFRÃO]
Passou, ficou só as lembranças
O que vivi jamais vou esquecer
De forte mesmo só restou a esperança
O que me move é a vontade de vencer
Eu vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer
Eu vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer
Eu vou lutar, eu vou vencer.

[PHILL]
Era 1991 , bem vindo ao campo
Aos berço improvisado e o castelo nos barranco
Filho de faxineira e um pai vagabundo
Mais um sem futuro de um país prematuro
Eu já vi sangue do meu sangue me renegar, sumir
Só a empregada teve peito pra assumir
Responsa portando rodo e vassoura
Limpando chão pros puto com mão de gladiadora
A vida já bateu pra caralho muleque
Agora é hora de esquivar e chegar dando ?Jab?
Um basta, nos pela saco que só fode o moio
A safra aqui é zica e não cola com o Joio
Alguns chamam de arte, tão mais pra militância
Faço mais que minha parte, só faço criar anciã
De ter que ver minha veia trampando com os pé rachado
Com a geladeira vazia, rendendo dim pra arrombado
Ano por ano me mudo, décima sétima goma
Não to a toa no mundo. É o que eles qué? Então toma!
Pouco pra noiz vagabundo, não é qualquer pedra que tomba
Vim com a espada, o escudo, aqui os verme se arromba
A falta de um pai me fez chefe da casa aos 3 anos
Aqui é muito ?prucêis? , vim pra causar só danos.
Na sede que tamos , vamos favela no FOCO
Mano, a meta é vencer, perder ta fora dos planos
Sim, cobrar o que é nosso por direito
Viu, não faço os nego taca fogo no pavil
Ir pra rua e causar guerra,soltar coquetel molotov
Ir pra luta com paus e pedras, tromba com a tropa de choque
Minha arma ta no que eu faço, tá no que eu penso, ta no que eu digo
Sempre contundente, sem gela pro inimigo
De segunda a segunda feira dentro da trincheira
Só pra deixar claro noiz não ta de brincadeira.

[DJ MAYK]
E eu que sempre fui todo emoção, aprendi a ser frio
Mais fraco, derrubo barreiras, avanço estádios com a força de mil
Trago comigo as bagagem, as memória
Dois motivos pra desistir, mil motivos pra fazer história
Olhos que viram traição, morte e pobreza
Enxergaram muito além, a fé a coragem e a certeza
Mesmo com a minha mente presa num quarto apertado
Sufocado nos fundo de um cortiço mal arejado
E foi assim, colecionando magoas e outros sentimentos ruins
Que eu me coloquei um passo a frente.
Comigo vai ser diferente!
Seja como for agüento a dor, essa é a hora
Não se preocupa mãe, não vou ser um pretinho olhando tudo do lado de fora
Já me bastou ver os tiros na porta de um bar lotado
Ou ver meu amor num caixão descendo à sete palmos
Seca as lágrimas neguim, e continua caminhando com os mesmo planos
Porém, algumas perdas causam danos
Mais um pra contrariar as estatísticas
Me ponho em risco, eu sei
Mas só me deram uma opção, e eu descartei
Pra alguns rebelde, pra outros marrudo, um sonhador pro mundo
Enfim, nas estatísticas menos um número
Só me resta agradecer a Deus por me manter em vida
Hoje eu entendo a alternativa, entrei pela saída
Parei depois voltei no tranco, desci, depois subi barranco
Mas sem me esquecer de onde eu venho
Tudo por esse sentimento

[REFRÃO]
Passou, ficou só as lembranças
O que vivi jamais vou esquecer
De forte mesmo só restou a esperança
O que me move é a vontade de vencer
Eu vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer
Eu vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer
Eu vou lutar, eu vou vencer.
vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer , TERCEIRA SAFRA!
Eu vou lutar pra vencer, eu vou lutar pra vencer
Eu vou lutar, eu vou vencer.
TERCEIRA SAFRA... TERCEIRA SAFRA!





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Terceira Safra





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form