Prodígio

Grupo: Tonzim
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Sou um prodígio, e minha moral prevalece,
quem ouve a minha musica decora e nunca esquece.
tipo uma epidemia meu som vai se espalhando,
como um vírus mortal que esta se proliferando.
vou invadindo seu ouvindo, controlo sua visão,
rapidamente aumento as batidas do seu coração.
todo mundo agitado, todo mundo se anima,
com a mão pra cima, pro lado, pro outro, acompanhando a rima.
como uma coreografia, feita sem voce querer,
é um ritmo frenético dominando você.
a minha rima te domina e ela sempre ta por cima,
se ela foi bem feita então ela predomina.
limite? essa palavra eu desconheço,
faço o som que eu quero, isso eu sei desdo começo.
meu som ta ficando rico, o som de muita gente é pobre,
o meu não ta valendo ouro, mas também não é nenhum cobre.
o que passou passou, agora eu sinto no coro,
se tua musica acabou, a minha apenas começou.
pra quem me avacalhou , o seu tempo se esgotou.
fala que eu to mandando mal, agora você forçou.
pra quem me escutou, até agora me aguentou,
relaxa ai, o meu som recompensou.
eu sigo sem k.o, parabéns pra quem gostou,
um aperto de mão, para quem me invejou.
Sou um prodígio, e minha moral prevalece,
quem ouve a minha musica decora e nunca esquece.
tipo uma epidemia meu som vai se espalhando,
como um vírus mortal que esta se proliferando [2x]
Se espalhou rapidamente e todos ja escutaram,
até dos que não gostam, nos ouvidos ja chegaram.
tem poderes em minhas mãos e no meu pensamento,
se chama raciocínio o outro é talento .
Feroz, sagaz, guerreiro e talentoso
no decorder do fim eu falo e tu fica nervoso.
um tanto maravilhoso, bastante periculoso,
com uma dose exagerada de um pensamento raivoso.
uma batida alucinante, um verso magnífico,
uma voz distorcida, um ritmo maníaco.
um tom jamais visto, um acorde sinfonico,
da letra mais porrada surge um amor platônico.
Prodígio eu sou? haha, quem dera,
mas a stronda geral curte e geral venera a vera.
no início se aglomera, depois se plorifera,
se já ploriferou, te viciou então já era.
Já está no meu controle, ainda falo de deboxe
agora eu to no comando, você é meu fantoche,
finalizando a levada, do jeito mais sagaz,
hahaha tá bom ou voce quer mais?
Sou um prodígio, e minha moral prevalece,
quem ouve a minha musica decora e nunca esquece.
tipo uma epidemia meu som vai se espalhando,
como um vírus mortal que esta se proliferando. [2x]





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Tonzim





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form