Sobreviventes

Grupo: Total Drama
Álbum: [Desconhecido]
Não há video para essa música



Truta sobrevivente vêem que agiram de má fé com agente to programado pra sofrer até ranger os dentes, seu to contente truta se eu to feliz um trampo um carrinho uma mina me diz aí. O quanto vale o suor que cai do meu rosto das 8 as 6 o dia inteiro todo o meu esforço 300 será o que eu quero no quinto útil do mês se desvenda o mistério.

Então vai sai levanta cedo pra trabalhar faz o sinal da cruz, pois se não se vai voltar, bagui ta foda ta e eu fico loco o que eu ganho num mês em uma noite os cara arruma em dobro.

Mas o que posso fazer tenho que sobreviver vou correr pressa missão mano eu não posso tremer barato é tentador se pá um dia eu caio nela se esqueceram a carinha do que galo já era. Às vezes eu to lá os mano hoje vão quebra me convidam pra cola não to devagar e pá não tenho culpa não nasci pra correria sofredor, trabalhador será essa a minha sina.

A noite cai os cara vai entorna a porta quebra o vidro sem vitima 155 sem problema sem perigo, de lá de longe o tio ganho mais nem se move tem da Pionner da Kenmwood até da Sonecsplod na seqüência o vidro cai a chave de fenda vai puxa o tape sai não sai acelera a moto e vai sobrevivente os cara são cada um na sua missão só Deus pode julgar o que ele usava em sua mão.

O incentivo não vem e o perigo se tem treta de drogas acertos de contas mataram alguém se adiantar vão me atrasar pra mim ta bom veja bem sobreviventes todos somos nessa terra sem lei.

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente.

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente.

Sobrevivente até o boy que tem a vida bela só que justo nesta noite dormiu com a janela aberta. Os cara foram na intenção mano é só lamentação pegaram o Vídeo a TV o DVD até o Som. Os maninho muito louco qualquer motivo é pouco olhar atravessado vai boy toma soco, os cara é foda bate no pai mano bate no filho a vaidade da burguesa é transformada em latrocinio. Fisso o crime em ação tome um gole da poção sinta a reação o resultado é a ambição viver a vida como um Zé ninguém quer não é não? Estatos dinheiro carro pura ilusão. e algo quer que eu vire a esquerda mais eu sigo em frente, e derrepente na armadilha sempre caem mais gente sobrevivente sobrevivente seja você mais um elo da corrente.

Se ta ruim com Deus imagine sem ele pau no cú do ateu quengo na minha gente se o diabo faz plimplim, te engana até o fim hipnotizado no sofá isso é ruim, sobrevivente sou eu, sobrevivente você, sobrevivente para e pensa o que ele é conveniente os pé de breck lá tranqüilo e agente aqui expulso na favela os pivete tão só pó pele e osso. Sobrevivente a dona Maria lá do morro, rá sobrevivente quer saber todos nós somos, mas quem é quem veja bem tente me entender tenho que ser mais do que gênio pra sobreviver. No jogo da vida que vida bandida de olho no que os outro tem isso me irrita rá, e o que ele quer me matar, minha vitória quem sobreviver verá.

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente. (Sobrevivente)

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente. (Sobrevivente)

Dá uma mola viaja só pra esquecer viajar no mundão truta sobreviver, sou eu denovo eu to no jogo e ligo os cara missão de ladrão mó mamão fita dada. Eu vo ou não? 1 milhão nem pensei me joguei não se preocupa Mãe vai ser a ultima vez. Ligo os manos passo pano bolo o plano a fita (Ai maluco os carro os armamento ta tudo em cima). Ai parceiro tem dinheiro me montei na ilusão rendi um mão branca pego o malote depois a divisão ai sumiu se tu viste nem me viu agiliza. Pano pros meus mano um carango e leite pra minha família, o crime é foda quantos manos se jogo o foi sem boi porra um dos mano nem voltou. Mano nem me fala outro caminho eu to com medo mais tudo é comigo, Sexta-feira é o dia de relaxar que eu agilizo, liga pro Tiago pro Vagner e o Plínio é pânico terror linha de frente a fita tem computador, dinheiro, mercadoria, faz o sinal da cruz Jesus ilumina adiante eu e meus comparsas pega o brava rumo a Bandeirantes tudo fácil simples como antes, Loucura, ambição fita eletrizante, pé na estrada pra trás ficaram as marcas, minha filha, minha mina e comigo são nove com os cara, olho no olho índio já não tenho medo se eu bobiar num piscar truta senta o dedo. 12;38 têm 380 denuncia anônima sei lá que 190, olho para frente ai ladrão nem acreditei uma pá de tira na fita descarreguei. Eu to no inferno parceiro mais tem mais a frente o diabo dá risada e os cães atiraram na gente, capotamos e um psico no peito um choque. (Ai mano é o cruzamento a barreira da vida e da morte). Cadê os parceiros? Maluco eu já não vejo só sinto um barato estranho queimando meu peito, ai mãe não tive medo pega o terço, ta tudo escuro e só flores eu vejo, mais uma lagrima caindo em meu rosto, em volta do caixão eu só ouço choros. O padre lê a bíblia ultima oração lembro das escolas brincadeiras com os irmãos, então lá do fundão um sonho proibido seguir ao senhor ou o ticio suíço a BM e o Talão roubou o tic tac cata o playboy do shopping tora o estartac, tem diamante, rubi na vitrine um Nike mundo do crime é 0 quilates, destaque em jornal televisão câmera noticiário estatos lembranças à fama ou o drama. A lagrima e a vida quanto vale, e ai Davi como vai firmeza macari, só tentei viver naturalmente. Me considero mais um sobrevivente.

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente. (Sobrevivente)

Pra sobreviver o meu povo tem que ter atitude e procede saber se envolver manter respeito na mente. (Sobrevivente)





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Total Drama





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form