Junkie Punk

Grupo: U-Flow
Álbum: O Surto da Lucidez
Não há video para essa música



Não entro no k.o. quando acerto no principio
estravazar do preto ao branco vendo sempre o equilibrio
compulsivo no meu rap...esse é o meu vicio
mutante primata da terra ao mar como um afibio
contornando a pedra que nem agua sem bater de frente
o junkie punk ganha pq não tem oponente
é w.o já que tudo continua igual
e a auto estima permanece lá em cima mermo no caos
balanço a cabeça com o batido que toca
levanto a mão e agradeço a nossa senhora
por todos os minutos...por todas aquelas horas
escutando os vagabundos é outro tipo de escola
e a rima falsa comigo nao cola
simpático demais nunca te vi e vai entrando na roda
tudo bem pra quem manja de mutua habilidade,
relevante pra quem vive no mundo da falsidade
o instinto é discreto então espero que fale
o estilo é free, e a rima é style
no quebra cabeça tá faltando varias peças
não sou uma delas ninguém me pega
Johnny P.A. é a exeção da regra
com respeito to no jogo, caindo pra levantar de novo louco eu to pronto
juntando as migalhas vou fazendo um conto
sem perder a linha mas o certo tá me dizendo que eu to sempre perdendo todas
prefiro as morenas mas se forem cabeça pequena eu fico com as loiras
to na boa com o sangue junkie punk boné ou toca tao sempre vestindo a cabeça louca

Refrão
Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie, Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie e mata, mata!

O mic eu não aposento não abandono a minha carreira
vou lutar com o meu talento o rap dura a vida inteira
expressar meu o pensamento com a letra verdadeira
pq é junkie punk....não existe a saideira
enquanto tem nego parado esclerozando se achando o tal
eu faço o meu, creio em deus e vivo na vida real
peço a paz, corro atraz....nunca é demais, levantando o dedo médio pros q tão se achando os tais
ganho na cautela vou exterminado os pelas cuido da minha sequela
respeito o inimigo, se rolar um entendimento pode crer que tá comigo
admiro os verdadeiros ignoro o que é mito
faço o meu serviço com amor e competência fujo da bitolado
procurando nova experiência, segue a minha ciência
o que me falta é paciência pra aguentar um som escroto
não faço parte da demência...
a minha crença é pelos fatos me protejo contra os ratos sem status
não me confunda com os patos
junkie punk permanece invencível qnd é inadmissível a convivência com os alienados
não me preocupo qnd a situação grave por que tudo passa é fase e a depressão eu deixo pros derrotados
aí sobrou...ideia pra gravar os rap doido pq eu sou
herdeiro do dom, guerreiro da U-FLOW

Refrão
Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie, Tá no meu sangue junkie punkie
Tá no meu sangue junkie punkie e mata, mata!





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

U-Flow





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form