Nossa Cara

Grupo: Vadioslocus
Álbum: [Desconhecido]
Ouça o som:   tocar tocar tocar



Mais uma vez, Vadiolocu mais louco do que louco... Assim que nóis somos parceiro.
(Refrão) (2x)
Vagabundo assim que eu sou. Sempre foi nunca mudou, a favela o louco que sou. É nossa cara da nada.
Louco, louco nóis de novo né, bicho solto vadiolocu é ginga no pé na pequena é gol firmou né jhow bem-vindo ao morro pra mim o Rap é só pra controla meu consumo sinto muito submundo e mundo eu pulei os muro pra escapar dos revolver se eu caio os louco lá me promove mais que esnobe minha camisa nove quem é que vai marcar e briga pelos pobre? Eu de menor já fui muito pior mais nunca vi comedia nem espirra no pó. Sou vadiolocu nato no sobe e desce do gueto nas ruas da periferia cada quina eu respeito. Cadê os bico sumiu quando viu a maloca em peso abriu bota só um Rap pros moleque que me segue tudo em flat. Vou resgatando de por um em cada quadra os pivô da quebrada que o Rap não informava, prefiro um Rap sadio que o mundo é triste né, não vou falar de fuzil que aqui nem né, hei louco sou da paz do amor então deixa o morro gritar Hou.
(Refrão) (2x)
Vagabundo assim que eu sou. Sempre foi nunca mudou, a favela o louco que sou. É nossa cara da nada.
Só merecedor de periferia um golpe só pela favela Vadiolocu um pensamento só força maior só quem é quem tem fé ver os parasita pronto pra zuar os proceder, vamo lá se for pra para aqui não da só de pensar um milhão de louco no ar, meus pedaço de tijolo o meu castelo construído com força, fé um sentimento invadido por Cristo hoje sou quem sou um soldado da guerra que atira pelo amor na cena. Um Dj, duas Pick-up um estrondo.
VA-DIOS-LO-CO
(Refrão) (2x)
Vagabundo assim que eu sou. Sempre foi nunca mudou, a favela o louco que sou. É nossa cara da nada.
É subir no palco e criticar é fácil né, só quero ver tu fazer o que eu faço Zé, eu sou mais um resgatado no Rap ando pelo certo isso porque eu conheço a periferia de perto, eu to aqui pra compor minha historia porque é difícil pra você que ta de fora imagina o que tem aqui jhow só drogas, ladrão, puta errou. Ando por vários beco vejo os moleque curtindo um Rap de boa um back, Tupac no deck, também já chorei aqui eu não vou mentir tanto que eu sofri hoje é meu motivo pra sorrir. Pisou na flor deixou espinho moscou a paz broto e hoje sou o que sou Vadiolocu louco mermo é o que há, canto pra periferia que é meu lugar só quero ver o meu povo curtindo um baile o Rap que exalta a verdadeira malandragem então deixa o Vadio pular fala pelo amor deixa o morro gritar.
(Refrão) (4x)
Vagabundo assim que eu sou. Sempre foi nunca mudou, a favela o louco que sou. É nossa cara da nada.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir


Esse video não é dessa música? Clique aqui para nos informar

Veja mais letras e videos de

Vadioslocus





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form