Minha História

Grupo: Wzy
Álbum: [Desconhecido]
Não há video para essa música



Desde de 1990, neste mundão esse moleque arrebenta.
Nascido no Hospital no Brooklyn em SP,
Meus pais no Paraisopolis, veja só você.
Meu pai tava cansado já andava meio fraco,
Tinha que alimentar três bocas no barraco.
Naquela época eu era só um bebe, nem imaginava o que podia acontecer,
Não dava pra ficar na casa ai ficou difícil, fui morar com a irmã em Ibiuna num sitio.
Muito azar não é nada pra quem nasceu sortudo,
Até que eles foram assaltados e perderam tudo,
De carona fizeram a jornada de volta lá pra quebrada,
Com a roupa do corpo mais nada.
Meu pai fazia bico todo dia sem arrego,
Até que um dia conseguiu um novo emprego,
Parecia a solução do nossos problemas,
Ser zelador em um prédio em Moema,
Num bairro de classe-média era só alegria,
Não pagava aluguel, água, nem energia,
O salário era melhor tudo foi melhorando,
Ai eu já tinha acho que uns 7 anos.
Estudei no Rodrigues Alves na Avenida Paulista,
Era um bom aluno mesmo com os problemas na vista.
Fazendo hora extra o descanso era pequeno,
Até que meu pai conseguiu comprar um terreno,
Em São Roque, lá no interior, e eu ganhei o meu primeiro computador,
Cada dia que passava eu ganhava mais prática,
Aos poucos aprendi sozinho a informática.
Jogava muito vídeo-game e veja só vocês, e sozinho aprendi a falar inglês.
E em 2001 a historia mudou, meu pai saiu do emprego porque o salário abaixou.
Cortaram a hora extra você sabe que presta,
Quando alguém está bem, sempre tem alguém que detesta.
Mais mesmo assim nada foi pro ralo,
A gente se mudou lá pra Santo Amaro,
Um quarto com um cômodo, a vida já não era tão boa, ainda mais pra caber 5 pessoas.
Lá não tinha mordomia nem o meu computador, não tinha geladeira,a comida ficava num isopor.
Todo dia cedo pegava ônibus lotado, pra chegar na escola tava ficando cansado.
Meu desempenho tava caindo e eu não tava bem,
E a vontade de estudar ia sumindo também,
Na 5ª serie eu mudei pro Jabaquara, a surpresa nessa historia ainda não para.
Comecei a estudar no Eloísa Carneiro, aos poucos minha vida foi virando pesadelo.
Não me adaptei as pessoas de outro dialeto, eu sempre fui um moleque muito quieto.
Não gostava da escola eu não queria estudar, todo dia fazia birra pra poder faltar,
Mais mesmo assim eu ia mesmo sem querer,
Até que um dia vi um clipe de Rap na TV, e achei da hora comecei a curti sozinho,
Ai meu irmão me mostrou o som do Ndee Naldinho, Uaaau, mais que som muito louco.
E assim eu fui curtindo Rap pouco a pouco.
Chegava na escola quando tocava o sinal, a gente se juntava e todo mundo cantava igual.
As letras de Rap faziam parte da minha vida,
Descobri que sabia rimar, enquanto meus trutas faziam batida com a boca,
Mandava umas rima muito loca, as poucos já usava calça larga e uma toca.
Com 12 anos fui morar lá favela, eu morava ali na primeira viela,
Comecei a estudar por lá, e minhas notas sempre deixando a desejar,
A casa em São Roque já tava alugada, mais tinha mês que o inquilino não paga nada.
E quando eu tava com 14 a minha família não agüento, ai foi quando a gente se mudou,
Pra São Roque, perdi meus poucos amigos até pensei que ninguém se importava comigo,
Fiquei muito rebelde, andava meio depressivo, até pensava que não tinha um motivo pra ficar vivo.
Eu conheci o Bob naquele momento, ele ouviu minhas rimas disse que eu tinha talento,
Ele me deu um Cd de produção e sozinho eu fiz minha primeira gravação,
O Alex ajudou e eu fiz meu primeiro Cd, isso antes de existir o RV.
Chamei o Lirow, ele participou de um som, curti a voz, achei que ficou bom.
E de repente acontece as fitas que eu sonhei, cantei pela primeira vez graças ao S.Jay,
Me levou em um show em Vargem Grande Paulista,
O Bob me falava " moleque nunca desista! ",
Subi no palco, cantei, mandei minha idéia, mesmo só tendo 20 pessoas na platéia,
Mais pra mim era um sonho, virando verdade, até hoje eu me arrepio quando lembro da imagem.
E em 2006 uma idéia de repente, nós fundamos o RV oficialmente,
E em 2008,conheci Memé do World Dance, e aprendi que quem luta é sempre quem vence.
Subi no palco em Mairinque e foi tipo assim, 5 mil pessoas olhando pra mim.
E essa historia ainda não chegou ao fim, muita vitória e gloria ainda esta pra vim,
E hoje o sonho não acabou não, mesmo cada dia eu perdendo a visão,
Mais se Deus quiser eu vou fazer minha operação,
E vou voltar com força total na missão,
Eu já falei demais é melhor parar agora, esse foi o resumo da Minha historia.





Tem erros na letra? Clique aqui para corrigir

Veja mais letras e videos de

Wzy





Publicidade



Rap Nacional? Tá no lugar certo! © 2011 Rap Na Veia. Design originalmente por: spyka webmaster (www.spyka.net) XHTML e CSS validados

Feedback Form